Comidinhas

Coxinha sem glúten e lácteos custa 14 reais

O salgado é vendido na Lilóri, padaria nos Jardins especializada em produtos sem ingredientes como proteínas de soja e conservantes

Por: Veja São Paulo - Atualizado em

Lilóri - coxinha
O salgado na estufa: cada unidade custa R$ 14,00 (Foto: Mariana Oliveira)

Difícil achar um brasileiro que não é fã de coxinha, certo? Pensando nessa paixão nacional, a Lilóri Pães e Doces, no Jardim Paulista, prepara uma versão do salgado nos moldes da padoca, mas sem ingredientes que contenham glúten, lácteos, conservantes ou corantes. Nada de leite no preparo, nem catupiry no recheio. 

+ Rede de pizzarias oferece 50% de desconto nesta sexta (1º)

Criação do chef Alexandre Praxedes, a massa é feita de batata-doce e ganha um frango orgânico por dentro. Chia, biomassa de banana verde e linhaça completam a receita. No lugar da fritura em óleo, o quitute vai para o forno. O resultado é uma casquinha pouco crocante que chega a se desmanchar. A leveza da combinação pesa na carteira. Cada unidade de 150 gramas custa R$ 14,00.

+ Os mitos e verdades sobre os alimentos sem glúten ou lactose

Lilória - coxinha
Sem conservantes: quitute é recheado de frango orgânico (Foto: Mariana Oliveira)

Aqui vai um alerta: se a sua vontade de comer coxinha estiver num nível muito elevado, essa opção mais saudável não vai ser suficiente para acabar com ela. A troca dos ingredientes revela-se positiva dentro da proposta, mas não dá para dizer que deixa o salgado tão gostoso quanto as versões gordurosas. 

+ Passeios para se sentir na Espanha

O cuidado na alimentação, porém, deve ser levado em conta. Um quitute assado tem em média 209 calorias, cerca de 150 a menos do que as tradicionais.

Fonte: VEJA SÃO PAULO