Madeleine e mais casas dedicadas ao jazz

Seleção inclui ainda All of Jazz, Jazz nos Fundos, JazzB e mais

Ficou muito para trás o tempo em que o jazz movimentava apenas a cena underground de Nova Orleans, nos Estados Unidos. Considerado patrimônio mundial pela Unesco e desde 2011 celebrado no dia 30 de abril, o gênero musical se popularizou pelo mundo.

 

Em São Paulo não é diferente, basta ver como os bares têm apostado no ritmo para atrair clientela. “Temos como principal público uma turma que na adolescência curtia música eletrônica que flertava com o jazz e agora, fogem das baladas”, diz Facundo Guerra, sócio do Riviera, um dos mais novos endereços que colocou o som de Miles Davis em seu cardápio.

A cada ano a capital ganha espaço dedicados ao estilos. All of Jazz, Jazz nos Fundos, Madeleine e JazzB são alguns dos exemplos. Confira a lista completa abaixo

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s