Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vacinação já adia pico de internações em São Paulo, diz secretário

Edson Aparecido, da Saúde, afirma que a campanha de imunização prorrogou projeções; ainda é preciso cautela

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 jun 2021, 11h26 - Publicado em 14 jun 2021, 11h06

A gestão municipal de São Paulo acredita que a vacinação feita na capital já está tendo efeito positivo no número de casos da cidade e na ocupação de leitos de UTI. O secretário da Saúde, Edson Aparecido, afirmou que a campanha de imunização atrasou as projeções de internações desta semana. 

“Nós tínhamos uma expectativa de que viéssemos a enfrentar um pico de internações por volta do dia 17 a 20 de junho, e agora esse pico foi prorrogado para o final do mês”, fala o secretário em entrevista à GloboNews. “Ainda temos uma tendência de uma subida de casos e internações, mas em uma velocidade mais reduzida. Isso, seguramente, é o impacto da vacinação nas faixas etárias mais idosas da cidade”.

LEIA TAMBÉM: Butantan entrega mais 1 milhão de doses da CoronaVac à Saúde

Aparecido diz que o grupo com mais de 70 anos que já tomou as duas doses do imunizante sofreu uma redução acentuada em números de internações e casos. “Não que essas pessoas não estejam sendo eventualmente infectadas, mas as consequências dos sintomas já são perfeitamente visíveis”. As informações são de estudos preliminares feitos pela prefeitura.  

Mas ainda estamos em alerta máximo. Na cidade de São Paulo, as unidades de saúde seguem enfrentando uma alta demanda de pacientes. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está próxima de 83%. Enquanto isso, o índice de isolamento chegou a apenas 37% na última sexta-feira (11), o quinto menor de 2021.

Vacinação antecipada

João Doria, governador de São Paul, anunciou que a vacinação no estado será antecipada em 30 dias. A divulgação foi feita neste domingo (13), em São Paulo, em uma coletiva de imprensa no Palácio dos Bandeirantes.

Com essa nova data, vacinação com a primeira dose em São Paulo será finalizada em 15 de setembro. Doria afirmou que o estado será o primeiro a vacinar toda a população acima de 18 anos no Brasil.

Confira abaixo a projeção atualizada:

Gestão Doria antecipa em 30 dias calendário de vacinação de SP
Gestão Doria antecipa em 30 dias calendário de vacinação de SP Governo do Estado de São Paulo/Reprodução

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade