Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vacinação de idosos de 75 e 76 anos começa dia 15 no estado de São Paulo

Nova etapa do programa de imunização estadual prevê vacinar 420 000 pessoas

Por Redação VEJA São Paulo 8 mar 2021, 14h54

O governador João Doria (PSDB) anunciou, nesta segunda-feira (8), que a vacinação de idosos de 75 e 76 anos do estado vai começar no dia 15 de março, uma segunda-feira. A vacinação contra a Covid-19 ocorrerá das 8h às 17h nos postos de saúde e nos pontos de drive-thru. O governo do estado informou que 420 mil pessoas no estado poderão ser imunizadas nesta nova etapa.

“Eu sei que esta é uma grande notícia para as pessoas que têm essa faixa etária de 75 e 76 anos. E é uma grande notícia também para seus filhos, irmãos, netos, todas as pessoas que têm compaixão e amor à vida”, afirmou o governador.

Doria também aproveitou para pedir que a população evite aglomerações na manhã do dia 15 nos postos de vacinação “para que não tenhamos filas e o desconforto na vacinação nos drive-thrus”. Os primeiros dias de vacinação de faixas etárias anteriores já causaram aglomeração.

Na quinta-feira (4), chegou em São Paulo a maior remessa de matéria-prima até o momento para a produção local da vacina CoronaVac. Com a carga, 14 milhões de doses da vacina poderão ser produzidas no Instituto Butantan. No sábado (6), a cidade de São Paulo atingiu a marca de 3 milhões de vacinas aplicadas.

No caso da capital paulista, além das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e das unidades de Assistência Médica Ambulatorial (AMA) que fazem a imunização na capital, também é possível levar o idoso para ser imunizado em 14 pontos drive-thru espalhados pela cidade.

A campanha de vacinação no estado

Até as 12h50 desta segunda (8), 2.450.584 pessoas haviam recebido a primeira dose e outras 845.821 completaram o ciclo vacinal com a segunda dose. Isso totaliza 3.296.405 doses de vacinas aplicadas no estado. Os números detalhados da campanha de vacinação em SP podem ser consultados no portal vacinaja.sp.gov.br/vacinometro/.

Pelo site Vacina Já, é possível checar locais de vacinação e também fazer um pré-cadastro para agilizar o atendimento no momento da imunização.

Os públicos vacinados até o momento são profissionais de saúde, indígenas, quilombolas, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência com mais de 18 anos vivendo em instituições de longa permanência, além de idosos em geral com idade a partir de 77 anos.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade