Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Vacinação contra Covid-19 começa na quarta (20), diz Pazuello a prefeitos

Para a data ser confirmada, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisa liberar o uso emergencial dos imunizantes

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 jan 2021, 13h58 - Publicado em 14 jan 2021, 12h29

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse que a vacinação contra a Covid-19 no Brasil começa no dia 20 de janeiro, informaram prefeitos que participaram da reunião nesta quinta-feira (14).

Para a data ser confirmada, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) precisa liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Astrazeneca. A decisão está programada para sair no próximo domingo (17).

“De acordo com @ministropazuelo, próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca para estados. Há também as 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro”, escreveu o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), no Twitter.

A jornalistas, Jonas Donizete, que é presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, afirmou que a data pode atrasar por causa do voo que vai buscar doses da vacina de Oxford na Índia e também pela decisão da Anvisa. “Embora tenha sido mencionado a data do dia 20, às 10h da manhã, essa data está pendente deste dois fatores: da logística de voo e da aprovação da Anvisa”, disse.

O Ministério da Saúde ainda não confirmou oficialmente a data.

Continua após a publicidade
Publicidade