Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

SP inicia vacinação de grávidas e puérperas sem comorbidades na quinta

O governo estadual pretende imunizar 400 mil mulheres acima de 18 anos pertencentes a esse grupo

Por Redação VEJA São Paulo 9 jun 2021, 15h19

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (9) que o estado de São Paulo inicia a vacinação contra a Covid-19 de gestantes e puérperas (mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias) acima de 18 anos e sem comorbidades a partir desta quinta-feira (10). Esse grupo contabiliza 400 mil mulheres a serem imunizadas, segundo dados do Programa Estadual de Imunização (PEI). Este foi apenas um dos anúncios e adiantamentos do cronograma de vacinação do estado. Confira todas as mudanças aqui.

“Amanhã também começaremos a vacinar um grupo de 400 mil grávidas e mulheres que deram à luz recentemente, dando prioridade a essas mulheres no cronograma de vacinação. E nós homenageamos, assim, essas mulheres que passam a receber, a partir de amanhã, a vacina da vida, a do Butantan, ou outras vacinas devidamente aprovadas pela Anvisa para este grupo de grávidas e puérperas”, disse o governador, em coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

Regiane de Paula, coordenadora do PEI, relembrou que três municípios do estado (São Paulo, São Bernardo do Campo e Campinas) já iniciaram na segunda-feira (7) a vacinação desse segmento com o imunizante da Pfizer. “Agora, estamos trabalhando para esse grupo com a vacina do Butantan e a da Pfizer de acordo com o que foi preconizado no Programa Nacional de Imunização (PNI)”, completou.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade