Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

São Paulo registra queda de internações e fecha 3500 leitos de UTI

Taxa de ocupação das UTIs é inferior a 50% no estado

Por Redação VEJA São Paulo 11 ago 2021, 11h32

A estado de São Paulo e as gestões municipais fecharam cerca de 3 500 leitos de Unidades de Terapia Intensiva, as UTIs, entre abril e agosto. A diminuição de ocupação de leitos acontece em meio ao avanço da vacinação. A previsão é a de que todos os adultos até 18 anos recebam a primeira dose da vacina até o dia 16 de agosto.

Em 2021, pela primeira vez no ano, a taxa de ocupação de leitos de UTI no estado ficou inferior a 50% de sua capacidade. Durante o pico da pandemia, em abril, essa porcentagem foi superior a 90%. Atualmente, em agosto, a situação está em 45%.

14 346 leitos estavam disponibilizados em todo estado no pico da pandemia, em abril. Quatro meses depois, em agosto, o número diminuiu para 10 781.

Entre as regiões, São José do Rio Preto, Bauru, Campinas, Araraquera, Barretos, Franca, Ribeirão Preto são as que apresentam taxas de ocupação superior a 50%, com Ribeiro Preto próximo dos 70%. As demais estão com ocupações inferiores a 50%. A região metropolitana de São Paulo registra 42,7% de ocupação.

Maratona da vacina na capital

A prefeitura de São Paulo divulgou a vacinação da faixa etária dos 18 aos 20 anos de idade. A previsão era que, até sábado (14), os jovens de 21 anos começassem a imunização, mas Ricardo Nunes (MDB) anunciou na manhã desta quarta-feira (11) uma mudança no calendário.

Continua após a publicidade

Com a alteração, no sábado poderão ser vacinados também quem tem dos 18 aos 20 anos e não só a faixa etária dos 21. Nunes afirmou também que os drive-thrus e os chamados megapostos de saúde da cidade funcionarão ininterruptamente das 7h de sábado até as 17h de domingo (15), inclusive de madrugada. Essa maratona será válida apenas para quem tem dos 18 aos 20 e não para quem precisa tomar a segunda dose.

O prefeito disse ainda que há vacina para toda a população: a meta é atingir 100% do público adulto com ao menos uma dose até o fim do final de semana. “Recebemos ontem um lote grande de 410 00 doses de vacina da Pfizer, 400 00 da CoronaVac e 67 000 da AstraZeneca”, disse Nunes, para a TV Globo. São esperados 600 000 jovens neste final de semana.

Para se vacinar é preciso levar documento de identificação e comprovante de residência. Veja como ficou o calendário e, ao fim, os horários do final de semana:

  • Terça-feira (10): 24 anos
  • Quarta-feira (11): 24 anos
  • Quinta-feira (12): 23 anos
  • Sexta-feira (13): 22 anos
  • Sábado (14) e domingo (15): 18 a 21 anos

NO SÁBADO E DOMINGO

  • Sábado (14) – 20 aos 21 anos, das 7h às 17h, em UBS, drive-thrus e megapostos
  • 19h de sábado até as 7h de domingo (15): 18, 19, 20 e 21 anos nos drive-thrus e megapostos
  • Domingo (15) – 18 e 19 anos, das 7h às 17h, em UBS, drive-thrus e megapostos

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Continua após a publicidade

Publicidade