Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

São Paulo anuncia parceria com o WhatsApp para pré-cadastro de vacinação

Assistente virtual do aplicativo conduzirá usuário e fará a integração entre o site Vacina Já; saiba como funciona

Por Redação VEJA São Paulo 7 abr 2021, 14h14

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira (7) a abertura de pré-cadastro para vacinação contra a Covid-19 via WhatsApp. Inédita no Brasil, a iniciativa fará a integração entre o site Vacina Já e o canal oficial do governo de São Paulo no aplicativo de mensagens. O objetivo é garantir agilidade e praticidade nos futuros atendimentos nos postos de vacinação.

“Muito obrigado ao WhatsApp, exemplo de cooperação entre o setor privado e o governo do Estado de São Paulo para ajudar a salvar vidas e a proteger as pessoas”, disse Doria durante coletiva de imprensa.

Um assistente virtual oferecerá as informações necessárias para o pré-cadastro. Além disso, o chatbot oferece informações sobre o programa de imunização estadual, incluindo o calendário de vacinação atualizado, dados sobre o Plano São Paulo e tira-dúvidas sobre o coronavírus, diz a assessoria de imprensa do governo.

Para acessar o serviço no WhatsApp, basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi.

Ainda segundo o governo do estado, o pré-cadastro permite uma economia de até 90% no atendimento de cada pessoa apta a se vacinar. O preenchimento do formulário não é obrigatório e não funciona como agendamento, mas contribui para evitar filas nos postos de vacinação. Até esta quarta, cerca de 4,9 milhões de pessoas já efetuaram o pré-cadastro no site vacinaja.sp.gov.br.

“É a tecnologia da comunicação sendo usada em benefício da saúde pública e da vida no estado de São Paulo”, destacou Regiane de Paula, coordenadora do Centro de Controle de Doenças.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade