Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

J.K. Rowling doa 1 milhão de libras no combate à Covid-19

A autora de "Harry Potter" fez a revelação em uma thread no Twitter neste sábado (2)

Por Redação VEJA São Paulo 3 Maio 2020, 11h49

A autora J.K. Rowling foi ao Twitter neste sábado (2) relembrar o 22º aniversário da “Batalha de Hogwarts” — para os fãs de Harry Potter, a data marca a vitória do personagem contra Voldemort após uma longa e sangrenta batalha no Castelo de Hogwarts. “Hoje é o 22º aniversário da Batalha de Hogwarts, mas serei honesta, me parece inapropriado falar sobre mortes da ficção hoje. Muitos estão perdendo pessoas queridas no mundo real”, escreveu a autora, aproveitando a oportunidade para revelar que faria uma doação para ajudar no combate ao novo coronavírus.

“Então, no aniversário desta grande vitória no mundo bruxo, estou pensando nas pessoas que estão fazendo seu trabalho para nos proteger e também proteger o nosso estilo de vida. Eu tenho três profissionais fundamentais na minha família próximas, e como todos os familiares, eu estou dividida entre orgulho e ansiedade”, explicou a autora britânica, revelando que seus familiares também na luta diária contra a Covid-19. “Numa crise como essa, os mais pobres e vulneráveis são os mais atingidos, então, em honra a Batalha de Hogwarts, eu farei uma doação de 1 milhão de libras, metade será encaminhada para a crisis.org.uk, que está ajudando os desabrigados durante essa pandemia”

“A outra metade será encaminhada para refuge.org.uk, porque nós sabemos que abuso doméstico, infelizmente, cresceu durante o período de isolamento social”, revelou a autora — os cerca de 6,8 milhões de reais doados por Rowling serão divididos em duas instituições britânicas, uma que cuida dos desabrigados e pessoas em situação de rua, especialmente em tempos de pandemia, e outra que oferece apoio à vítimas de violência doméstica. Confira: 

Dê sua opinião: E você, o que achou da iniciativa de J.K. Rowling?

Continua após a publicidade

Publicidade