Clique e assine por apenas 6,90/mês

Governo de SP amplia público na campanha de vacinação contra gripe

Colaboradores dos Correios, Metrô, CPTM, limpeza pública e pessoas em situação de rua serão imunizados a partir desta segunda (15)

Por Redação VEJA São Paulo - 15 Jun 2020, 18h53

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo recebeu 600 000 doses extras da vacina contra a gripe do Instituto Butantan e vai disponibilizar a partir desta segunda-feira (15) para colaboradores do Metrô, CPTM e Correios, funcionários da limpeza urbana e pessoas em situação de rua.

A campanha no Estado está prorrogada até o próximo dia 30 e um dos objetivos é aumentar a cobertura vacinal de alguns públicos que estão abaixo da meta de 90%, entre eles gestantes (44,5%), 39 mil puérperas (52,5%) e crianças entre seis meses e menores de seis anos de idade (48%). Também há baixa procura pelas pessoas com idade entre 55 e 59 anos (38,7%), com 784,9 mil doses aplicadas.

“A vacinação é fundamental, especialmente neste momento da pandemia de Covid-19, pois ajuda a evitar doenças respiratórias causadas por gripes e resfriados que são mais frequentes nesta época do ano”, pontua a diretora de Imunização da Secretaria, Nubia Araújo.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

Continua após a publicidade

Todos os que procurarem uma unidade básica de saúde e estiverem nos grupos previstos poderão receber a dose da vacina, que é segura e eficaz.

Publicidade