Clique e assine por apenas 6,90/mês

Bolsonaro tira a sonda do nariz

Médicos do hospital Albert Einstein divulgam um novo boletim sobre a saúde do presidente

Por Redação VEJA São Paulo - 9 Feb 2019, 17h23

A equipe do Hospital Albert Einstein, no Morumbi, divulgou na tarde deste sábado (9) um novo boletim sobre o estado de saúde do presidente Jair Bolsonaro.

A novidade: tirou a sonda no nariz e não tem mais febre (na semana, ele chegou a 38 graus por causa de uma pneumonia). Ele segue se alimentando em uma dieta pastosa, fazendo exercícios e, claro, postando nas redes sociais. Hoje, no Twitter, anunciou mais um militar no governo (o general Jesus Corrêa no comando do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, o Incra), além de uma selfie na hora do almoço.

Bolsonaro passou por uma cirurgia para retirar uma bolsa de colostomia e refazer a ligação entre o intestino delgado e parte do intestino grosso no dia 28 de janeiro. Ele está internado na unidade semi-intensiva do hospital.

Abaixo, o comunicado na íntegra do hospital:

Continua após a publicidade

“O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade Semi-Intensiva do Hospital Israelita Albert Einstein.

Apresentou boa evolução clínica nas últimas 24 horas, continua estável, afebril e sem dor. Não tem disfunções orgânicas e houve melhora dos exames laboratoriais. O dreno colocado no seu abdome, há quatro dias, foi retirado hoje pela equipe da radiologia intervencionista.

Devido à melhora do quadro intestinal e boa aceitação da dieta líquida, a sonda nasogástrica foi retirada. Permanece com os antibióticos e nutrição parenteral. Estão sendo mantidas as medidas de prevenção de trombose venosa, sendo realizados exercícios respiratórios, de fortalecimento muscular e períodos de caminhada fora do quarto.”
Reprodução/Veja SP
reprodução/Veja SP
Publicidade