Continua após publicidade

Bronze nas Olimpíadas, dupla do tênis descobriu que iria para Tóquio oito dias antes de iniciarem os jogos

As paulistas Luisa Stefani e Laura Pigossi conquistaram a primeira medalha da história da modalidade e vaga para a competição veio nas últimas horas

Por César Costa
Atualizado em 27 Maio 2024, 19h50 - Publicado em 31 jul 2021, 11h12

As paulistas Luisa Stefani e Laura Pigossi protagonizaram um feito inédito na madrugada deste sábado (31). A dupla, representando o tênis feminino brasileiro, conquistou a primeira medalha da história do país na modalidade, superando o 4° lugar de Fernando Meligeni em Atlanta 1996, após obterem a classificação para as Olimpíadas de Tóquio há oito dias do início dos jogos.

Na disputa pelo terceiro lugar em Tóquio, Stefani e Pigossi encararam as russas Elena Vesnina e Veronika Kudermetova, valendo medalha de bronze, e venceram por 2 sets a 1. Cada um dos lados superou o adversário uma vez com a mesma parcial de 6/4. No tie-break, as brasileiras chegaram a estar perdendo por 9-5 mas salvaram quatro match points e viraram a partida.

Para realizar o feito, a dupla de paulistas precisou acreditar até o último dia que a classificação olímpica viria. No último dia das inscrições, 22 de junho deste ano, o gerente esportivo do Comitê Brasileiro de Tênis, Eduardo Frick, colocou os nomes das duas brasileiras melhores colocadas no ranking feminino, Luisa e Laura, 23ª e 190ª, respectivamente. Com chances mínimas de ida para Tóquio, dependiam de alterações nas colocações ou desistências. De forma inesperada, conseguiram.

Continua após a publicidade

No último dia de reposicionamento do ranking da Federação Internacional de Tênis, ITF, as brasileiras entraram nos Jogos. Uma dupla de Geórgia até possuía um ranking superior à dupla brasileira, mas como não fizeram a inscrição no período anterior, acabaram fora.

As recolocações ocorreram no dia 16 de julho, há apenas 8 dias do início do torneio. Frick teve poucas horas para confirmar a participação das duas mas conseguiu entrar em contato com elas e garantir as vagas.

Em Tóquio 2020, Luisa Stefani e Laura Pigossi venceram as candidatas ao ouro estadunidenses Bethanie Mattek-Sands e Jessica Pegula nas quartas-de-final. Nas semi-finais, perderam para a dupla suíça Belinda Bencic e Viktorija Golubic e terminaram a competição disputando e vencendo a disputa do bronze pelo Brasil.

Continua após a publicidade

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.