Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quintal deBetti

(Desde 2018)

Tipos de Bares: Churrasco

VejaSP:

Endereço: Rua Curumins, 1 - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 31642264

Horário:

segunda-feira 12:00 - 22:00

terça-feira 12:00 - 22:00

quarta-feira 12:00 - 22:00

quinta-feira 12:00 - 22:00

sexta-feira 12:00 - 22:00

sábado 12:00 - 22:00

domingo 12:00 - 22:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (240)

Resenha por Saulo Yassuda

Antes de entrar no imenso espaço montado em frente a um casarão, no fim de uma rua sem saída, é necessário parar em um estande e ser recepcionado. Plaquinhas identificam: de um lado os com reserva, de outro, os sem reserva. Só então o público é recomendado a aguardar ou é encaminhado ao barulhento salão. Durante a quarentena, o bar e a churrasqueira foram “empurrados” para os fundos do salão, e a coifa, agora mais potente, diminuiu o fumacê. Ótimas carnes continuam a sair das grelhas supervisionadas pelo sócio Rogerio Betti e servidas fatiadas em tábuas de madeira. Há opções frescas, como a maminha (R$ 54,00), ou maturadas a seco, como o ribeye cheio de sabor (R$ 119,00, para uma pessoa). Pode ser que, vez ou outra, os cortes não cheguem quentinhos como o ideal, fica o alerta. Acompanhamentos como o vinagrete (R$ 12,00) e a beterraba com creme de limão (R$ 18,00) são pedidos separadamente. Os hambúrgueres preparados na churrasqueira também se mostram outro ponto alto. Mais fininhos, os discos de carne da marca de fast food Sheikh, dos mesmos sócios, são vendidos aqui, mas feitos na grelha em vez de na chapa. O cheeseburger sai a R$ 16,00. A seleção de vinhos e coquetéis foi reforçada, mas o público quer mesmo é pedir baldes de gelo repletos de long necks da Ambev.

Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.

    Antes de entrar no imenso espaço montado em frente a um casarão, no fim de uma rua sem saída, é necessário parar em um estande e ser recepcionado. Plaquinhas identificam: de um lado os com reserva, de outro, os sem reserva. Só então o público é recomendado a aguardar ou é encaminhado ao barulhento salão. Durante a quarentena, o bar e a churrasqueira foram “empurrados” para os fundos do salão, e a coifa, agora mais potente, diminuiu o fumacê. Ótimas carnes continuam a sair das grelhas supervisionadas pelo sócio Rogerio Betti e servidas fatiadas em tábuas de madeira. Há opções frescas, como a maminha (R$ 54,00), ou maturadas a seco, como o ribeye cheio de sabor (R$ 119,00, para uma pessoa). Pode ser que, vez ou outra, os cortes não cheguem quentinhos como o ideal, fica o alerta. Acompanhamentos como o vinagrete (R$ 12,00) e a beterraba com creme de limão (R$ 18,00) são pedidos separadamente. Os hambúrgueres preparados na churrasqueira também se mostram outro ponto alto. Mais fininhos, os discos de carne da marca de fast food Sheikh, dos mesmos sócios, são vendidos aqui, mas feitos na grelha em vez de na chapa. O cheeseburger sai a R$ 16,00. A seleção de vinhos e coquetéis foi reforçada, mas o público quer mesmo é pedir baldes de gelo repletos de long necks da Ambev.

    Informações checadas entre outubro e novembro de 2020.