Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Oguru Sushi & Bar – Jardim Paulista

(Desde 2019)

Tipos de Restaurantes: Japoneses

VejaSP:

Endereço: Alameda Lorena, 1982 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

terça-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 00:00

sábado 12:00 - 16:00 - 19:00 - 00:00

domingo 12:00 - 16:00 - 19:00 - 23:00

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Lugares/Capacidade total (46), Levar vinhos (permite) (R$ 40,00)

Resenha por Saulo Yassuda

O Oguru Sushi & Bar é um sucesso. Ainda que muita gente torça o nariz para restaurantes que servem festivais de pedidas japonesas — e outras nem tanto —, esse tipo de estabelecimento segue com um baita ibope na capital. Tanto que o Oguru — que se deu melhor no teste de endereços do gênero feito no especial VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020 — ganhou em dezembro uma unidade no Jardim Paulista. O salão, escurinho à noite, tem o mesmo espírito de bar da matriz, no Itaim Bibi, e as mesas são dispostas na frente e nos fundos, em um espaço elevado. O sashimi, cortado com menos pressa que na maioria dos concorrentes, traz fatias dos onipresentes salmão e atum mais opções como o robalo. Servidos em bandejas por garçonetes, os sushis têm o arroz temperado com os grãos infelizmente bem grudadinhos. São opções como a versão prensada de atum com pimenta, o uramaki de salmão com camarão empanado e cream cheese, o niguiri de camarão e a vieira enrolada em salmão. Antes, aparecem aperitivos como o guioza, preparado frito ou no vapor, e o carpaccio de salmão com raspas de limão-siciliano, de aroma trufado muuuito enjoativo, defeito encontrado também na casa-mãe. A sobremesa, incluída na sequência, pode ser a banana grelhada com crostinha de caramelo. O rodízio à vontade sai a R$ 119,00 por pessoa. No almoço de segunda a sexta, o festival é mais simples e custa R$ 88,00 (R$ 76,00 sem sashimi).

Informações checadas em janeiro de 2020.

    O Oguru Sushi & Bar é um sucesso. Ainda que muita gente torça o nariz para restaurantes que servem festivais de pedidas japonesas — e outras nem tanto —, esse tipo de estabelecimento segue com um baita ibope na capital. Tanto que o Oguru — que se deu melhor no teste de endereços do gênero feito no especial VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER 2019/2020 — ganhou em dezembro uma unidade no Jardim Paulista. O salão, escurinho à noite, tem o mesmo espírito de bar da matriz, no Itaim Bibi, e as mesas são dispostas na frente e nos fundos, em um espaço elevado. O sashimi, cortado com menos pressa que na maioria dos concorrentes, traz fatias dos onipresentes salmão e atum mais opções como o robalo. Servidos em bandejas por garçonetes, os sushis têm o arroz temperado com os grãos infelizmente bem grudadinhos. São opções como a versão prensada de atum com pimenta, o uramaki de salmão com camarão empanado e cream cheese, o niguiri de camarão e a vieira enrolada em salmão. Antes, aparecem aperitivos como o guioza, preparado frito ou no vapor, e o carpaccio de salmão com raspas de limão-siciliano, de aroma trufado muuuito enjoativo, defeito encontrado também na casa-mãe. A sobremesa, incluída na sequência, pode ser a banana grelhada com crostinha de caramelo. O rodízio à vontade sai a R$ 119,00 por pessoa. No almoço de segunda a sexta, o festival é mais simples e custa R$ 88,00 (R$ 76,00 sem sashimi).

    Informações checadas em janeiro de 2020.