Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Donna

Tipos de Restaurantes: Italianos

VejaSP:

Endereço: Rua Peixoto Gomide, 1815 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Horário:

Resenha por Arnaldo Lorençato

André Mifano (foto) prepara seu retorno ao mundo dos restaurantes. Os fãs da boa comida que ele fazia no Lilu ficaram órfãos desde que a casa fechou as portas, em outubro de 2020. Mas não haverá, porém, o mesmo cardápio que delineou a carreira do chef nos últimos anos no Donna, que tem previsão de abertura no fim de outubro. Mifano volta à culinária italiana que o projetou no Vito e com a qual ganhou o título de chef revelação de VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER em 2009. Claro que não reproduzirá exatamente os mesmos pratos, muitos deles com a carne de porco como protagonista. “O Donna será um restaurante ítalo-paulistano”, adianta. “Estou revisitando a minha própria carreira e quero ter a liberdade de usar sotaques da cidade no meu cardápio.” A ideia é incluir clássicos da culinária italiana com “um pouco mais de finesse”, revisão que ele também chama de “licença poética”. Sua marca autoral deve aparecer em todos os pratos, caso do carpaccio de wagyu, do ravióli de lagosta e do trio de lula, tripa e pancetta. Com trinta lugares, a casa dos Jardins terá oito assentos ao ar livre. No piso superior, haverá uma sala com uma mesa para dez pessoas. Para chegar a esse lugar quase secreto, será necessário passar pela cozinha. Numa contabilidade rápida, Mifano acreditava que vai gastar 500 000 reais para montar o Donna. “Com a subida do preço do material de construção, esse investimento vai estourar”, queixa-se. A conferir.

Informações checadas em agosto de 2021.

    André Mifano (foto) prepara seu retorno ao mundo dos restaurantes. Os fãs da boa comida que ele fazia no Lilu ficaram órfãos desde que a casa fechou as portas, em outubro de 2020. Mas não haverá, porém, o mesmo cardápio que delineou a carreira do chef nos últimos anos no Donna, que tem previsão de abertura no fim de outubro. Mifano volta à culinária italiana que o projetou no Vito e com a qual ganhou o título de chef revelação de VEJA SÃO PAULO COMER & BEBER em 2009. Claro que não reproduzirá exatamente os mesmos pratos, muitos deles com a carne de porco como protagonista. “O Donna será um restaurante ítalo-paulistano”, adianta. “Estou revisitando a minha própria carreira e quero ter a liberdade de usar sotaques da cidade no meu cardápio.” A ideia é incluir clássicos da culinária italiana com “um pouco mais de finesse”, revisão que ele também chama de “licença poética”. Sua marca autoral deve aparecer em todos os pratos, caso do carpaccio de wagyu, do ravióli de lagosta e do trio de lula, tripa e pancetta. Com trinta lugares, a casa dos Jardins terá oito assentos ao ar livre. No piso superior, haverá uma sala com uma mesa para dez pessoas. Para chegar a esse lugar quase secreto, será necessário passar pela cozinha. Numa contabilidade rápida, Mifano acreditava que vai gastar 500 000 reais para montar o Donna. “Com a subida do preço do material de construção, esse investimento vai estourar”, queixa-se. A conferir.

    Informações checadas em agosto de 2021.