Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Brace

(Desde 2015)

Tipos de Restaurantes: Cantina / Trattoria

VejaSP:

Endereço: Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, 1489 - Eataly - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 32793300

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

terça-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quarta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

quinta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00

sexta-feira 12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:30

sábado 12:00 - 23:30

domingo 12:00 - 23:00

Faixa de preço: De R$116,00 a R$175,00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (115), Levar vinhos (permite) (R$ 80,00)

Nascido com pinta de requinte, é o único restaurante do Eataly com um salão próprio a contar com uma chef para chamar de sua — os demais ficam na grande praça de alimentação que é o megaempório de produtos italianos. Originalmente, nasceu como Brace Bar & Griglia, passou a Radici e voltou a ser Brace. Nesse retorno, simplificou o cardápio e ganhou ares de trattoria durante a licença-maternidade da titular Ligia Karazawa. Dois itens não entusiasmam e podem ser pulados com tranquilidade: o chamado medalhão (R$ 68,00), um ravióli de batata com um tiquinho de bacalhau e um creme de avelã que domina todo o prato abafando os demais sabores, e o pêssego grelhado com uma casquinha de açúcar mais creme de queijo mascarpone bem líquido e sorvete de baunilha (R$ 25,00), de resultado muito ácido. Em compensação, vale pedir pão à parte (R$ 28,00) para saborear o molho de tomate dos ótimos mexilhões (R$ 37,00). Outro acerto é a costelinha de porco com cogumelos, que ficaria ainda melhor com um toque extra de sal (R$ 62,00). No mais, o menu tem pedidas encontradas na trattoria do andar de baixo, como o espaguete à carbonara (R$ 46,00).

 

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    Nascido com pinta de requinte, é o único restaurante do Eataly com um salão próprio a contar com uma chef para chamar de sua — os demais ficam na grande praça de alimentação que é o megaempório de produtos italianos. Originalmente, nasceu como Brace Bar & Griglia, passou a Radici e voltou a ser Brace. Nesse retorno, simplificou o cardápio e ganhou ares de trattoria durante a licença-maternidade da titular Ligia Karazawa. Dois itens não entusiasmam e podem ser pulados com tranquilidade: o chamado medalhão (R$ 68,00), um ravióli de batata com um tiquinho de bacalhau e um creme de avelã que domina todo o prato abafando os demais sabores, e o pêssego grelhado com uma casquinha de açúcar mais creme de queijo mascarpone bem líquido e sorvete de baunilha (R$ 25,00), de resultado muito ácido. Em compensação, vale pedir pão à parte (R$ 28,00) para saborear o molho de tomate dos ótimos mexilhões (R$ 37,00). Outro acerto é a costelinha de porco com cogumelos, que ficaria ainda melhor com um toque extra de sal (R$ 62,00). No mais, o menu tem pedidas encontradas na trattoria do andar de baixo, como o espaguete à carbonara (R$ 46,00).

     

    Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.