Benedita (Desde 2017)

Tipos de Restaurantes: Bom e barato
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Havaí, 258 - Sumaré - São Paulo - SP ver no mapa
Telefone: (11) 38754764
Horário:
segunda-feira
Fechado
terça-feira
12:00 - 15:00
quarta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 22:30
quinta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 22:30
sexta-feira
12:00 - 15:00 - 19:00 - 23:00
sábado
12:00 - 16:00 - 19:00 - 23:00
domingo
12:30 - 16:30
monetization_on

Faixa de preço

De R$1,00 a R$115,00

check_circle

Informações adicionais

Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (30), Levar vinhos (permite)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

Tem muito de saudosista e afetivo o Benedita, a começar pelo imóvel onde ele está instalado, em meio a um emaranhado de arranha-céus residenciais. Fica num sobradinho com portão baixo da década de 40, época em que São Paulo era uma cidade gentil e vizinhos punham cadeiras na calçada para prosear — hoje, enviam-se mensagens de celular até para quem está sentado ao lado. Embora não faça resgate de receitas do passado, o chef e sócio Rodrigo Isaias revisa o Brasil à mesa. A abóbora-cabotiá tostada com vinagrete e brotos de coentro flutua em um creme de queijo-manteiga na companhia de pão de batata (R$ 24,00). Numa porção nada vegetariana, o cozinheiro destaca no cardápio a carne de sol de miolo de alcatra feita lá mesmo no restaurante e cortada em cubos com cebola queimada e mandioca frita (R$ 35,00). Com sabor da infância, a bana- nada com creme de baunilha e minissuspiros (R$ 13,00) tem textura pastosa.

Informações checadas entre agosto e outubro de 2019.

    Comer e beber

    • 2019 - Participante

      Restaurantes Bom e Barato Comer & Beber .

      Tem muito de saudosista e afetivo o Benedita, a começar pelo imóvel onde ele está instalado, em meio a um emaranhado de arranha-céus residenciais. Fica num sobradinho com portão baixo da década de 40, época em que São Paulo era uma cidade gentil e vizinhos punham cadeiras na calçada para prosear — hoje, enviam-se mensagens de celular até para quem está sentado ao lado. Embora não faça resgate de receitas do passado, o chef e sócio Rodrigo Isaias revisa o Brasil à mesa. A abóbora-cabotiá tostada com vinagrete e brotos de coentro flutua em um creme de queijo-manteiga na companhia de pão de batata (R$ 24,00). Numa porção nada vegetariana, o cozinheiro destaca no cardápio a carne de sol de miolo de alcatra feita lá mesmo no restaurante e cortada em cubos com cebola queimada e mandioca frita (R$ 35,00). Com sabor da infância, a bana- nada com creme de baunilha e minissuspiros (R$ 13,00) tem textura pastosa.

      Arnaldo Lorençato, Gabrielli Menezes e Saulo Yassuda

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s