Clique e assine por apenas 5,90/mês

Bangalô

(Desde 2019)

Tipos de Bares: Variados

VejaSP:

Endereço: Rua Ferreira de Araújo, 392 - Pinheiros - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 930288465

Horário:

segunda-feira 18:00 - 01:00

terça-feira 18:00 - 01:00

quarta-feira 18:00 - 01:00

quinta-feira 18:00 - 01:00

sexta-feira 18:00 - 01:00

sábado 16:00 - 01:00

domingo 15:00 - 21:00

Informações adicionais: Acesso para deficientes, Lugares/Capacidade total (65), Levar vinhos (permite) (R$ 60,00)

Resenha por Saulo Yassuda

Tem clima de pousada praiana o Bangalô, com espaços arejados e rodeados por plantas, pelos quais se distribuem bancos e mesas. No salão, de pé-direito alto, rola som de MPB com tonelagem de decibéis. O lugar, que adota o sistema de comanda individual, recebe bem grandes grupos para aniversários — não raro, veem-se mesas reservadas logo cedo. Por lá, as gargantas são lubrificadas com cervejas long neck, como stella artois ou Heineken (R$ 10,00 cada uma). Da linha de drinques autorais, o docinho mãe d’água (R$ 32,00) leva cachaça, limão-taiti, leite de coco e água de flor de laranjeira. Peca pelo gostinho de gás deixado pela canela em pau queimada, uma pena. Outra opção, o são sepé (R$ 32,00) junta vodca, limão- siciliano, xarope de maracujá, absinto, espumante e angostura, com muito gelo. O trio de pastas (R$ 28,00), da seção de comes, traz um duo de homus, o tradicional de grão-de-bico e o de abóbora, mais coalhada, essa sem o sabor da raiz-forte indicada no menu. De companhia, recebe chips de batata-doce e pão sírio torrado. Cobertas de bastante azeite, as rodelas de lula à provençal com alho e salsa agradam pelo toque de limão (R$ 44,00).

Informações checadas em fevereiro de 2020.

    Tem clima de pousada praiana o Bangalô, com espaços arejados e rodeados por plantas, pelos quais se distribuem bancos e mesas. No salão, de pé-direito alto, rola som de MPB com tonelagem de decibéis. O lugar, que adota o sistema de comanda individual, recebe bem grandes grupos para aniversários — não raro, veem-se mesas reservadas logo cedo. Por lá, as gargantas são lubrificadas com cervejas long neck, como stella artois ou Heineken (R$ 10,00 cada uma). Da linha de drinques autorais, o docinho mãe d’água (R$ 32,00) leva cachaça, limão-taiti, leite de coco e água de flor de laranjeira. Peca pelo gostinho de gás deixado pela canela em pau queimada, uma pena. Outra opção, o são sepé (R$ 32,00) junta vodca, limão- siciliano, xarope de maracujá, absinto, espumante e angostura, com muito gelo. O trio de pastas (R$ 28,00), da seção de comes, traz um duo de homus, o tradicional de grão-de-bico e o de abóbora, mais coalhada, essa sem o sabor da raiz-forte indicada no menu. De companhia, recebe chips de batata-doce e pão sírio torrado. Cobertas de bastante azeite, as rodelas de lula à provençal com alho e salsa agradam pelo toque de limão (R$ 44,00).

    Informações checadas em fevereiro de 2020.