Clique e assine com até 89% de desconto

Aoyama – Itaim Bibi

(Desde 1997)

Tipos de Restaurantes: Japoneses

VejaSP:

Endereço: Rua Bandeira Paulista, 520 - Itaim Bibi - São Paulo - SP ver no mapa

Telefone: (11) 31688011

Site: http://www.restauranteaoyama.com.br

Horário:

segunda-feira 12:00 - 15:00

terça-feira 12:00 - 15:00

quarta-feira 12:00 - 15:00

quinta-feira 12:00 - 15:00

sexta-feira 12:00 - 15:00

sábado 13:00 - 00:00

domingo 12:00 - 23:00

Funciona também das 19h00 às 23h30 (sexta até 00h30). Sábado, domingo e feriados sem intervalo. Feriados das 12h00 às 23h00.

Faixa de preço: De R$111,00 a R$165,00

Informações adicionais: Estacionamento/Valet (R$ 15,00), Lugares/Capacidade total (140), Levar vinhos (permite) (R$ 40,00)

Resenha por Arnaldo Lorençato, Helena Galante e Saulo Yassuda

A rede faz um baita sucesso na cidade, com sete unidades. Já figurou entre os melhores rodízios de comida japonesa, mas neste ano se mostrou bem irregular. Pelo preço de R$ 94,90 (ou R$ 65,90 pela versão reduzida no almoço da semana), come-se à vontade. Uma série de aperitivos à base de peixe cru é depositada à mesa logo na chegada. Dá para ficar com o tartare de salmão ao molho de boa acidez, mas é duro encarar as fatias de salmão cru, amargo pelo excesso de raspa de limão e enjoativo pelo azeite trufado. Com arroz beeem adocicado, os sushis não se saem muito bem. Melhor ficar em frituras como a trouxinha de abóbora com camarão e o rissole de queijo e cogumelo. Pontos positivos, o temaki de atum picante é envolto em alga crocante e a anchova grelhada vem úmida e saborosa.

Informações checadas entre julho e setembro de 2018.

    NOVA CASA NA MESMA RUA

    O Aoyama do Itaim Bibi não atende mais no cruzamento da Rua Bandeira Paulista com a Tabapuã. Desde o fim de 2017, a unidade da rede mudou-se para o número 520 da Bandeira, em um salão mais espaçoso, decorado com cabos de aço e com mezanino. A casa aposta em rodízio japonês (R$ 94,90 por pessoa), com sushis de arroz bem adocicado, que recebem, sobretudo, salmão por cima. Fazem sucesso também pedidas pouco orientais, como a chapa de camarão e lula em molho de pimentão e abobrinha. Durante a semana, no almoço, há uma versão reduzida do festival por R$ 65,90.

    (Por Saulo Yassuda)

    Informações checadas em agosto de 2018.

    A rede faz um baita sucesso na cidade, com sete unidades. Já figurou entre os melhores rodízios de comida japonesa, mas neste ano se mostrou bem irregular. Pelo preço de R$ 94,90 (ou R$ 65,90 pela versão reduzida no almoço da semana), come-se à vontade. Uma série de aperitivos à base de peixe cru é depositada à mesa logo na chegada. Dá para ficar com o tartare de salmão ao molho de boa acidez, mas é duro encarar as fatias de salmão cru, amargo pelo excesso de raspa de limão e enjoativo pelo azeite trufado. Com arroz beeem adocicado, os sushis não se saem muito bem. Melhor ficar em frituras como a trouxinha de abóbora com camarão e o rissole de queijo e cogumelo. Pontos positivos, o temaki de atum picante é envolto em alga crocante e a anchova grelhada vem úmida e saborosa.

    Informações checadas entre julho e setembro de 2018.