Conheça peças que utilizam recursos audiovisuais

Sete espetáculos em cartaz em São Paulo surpreendem o espectador com vídeos e imagens

Peças de teatro não são feitas apenas de atores. Muitos espetáculos utilizam diferentes recursos audiovisuais para desenvolver suas narrativas e surpreender os espectadores. Confira abaixo sete deles:

Ato de Comunhão

Protagonizado por Gilberto Gawronski, o monólogo dramático é uma ficção criada com base na história de Armin Meiwes, o “canibal alemão” condenado à prisão perpétua por ter devorado um homem que conheceu pela internet. Suas conversas são ilustradas por imagens perturbadoras em um telão.

Feizbuk

FeizbukFeizbuk

 (/)

As relações pessoais na era das rede sociais servem de tema para a peça, que ganha montagem da Cia. Arthur-Arnaldo. Tratado como um personagem, o Facebook interage com a plateia por meio de um telão e traz para a discussão os efeitos do computador na vida pública e privada.

Luis Antonio – Gabriela

Luis Antonio — Gabriela - 2211Luis Antonio — Gabriela – 2211

 (/)

No documentário cênico que conta a história de Luis Antonio, imagens entram em cena para complementar a narrativa. Homossexual, Luis se afastou de sua família conservadora para viver sob o nome de Gabriela, na Espanha, onde morreu de Aids. Algumas cenas do espetáculo acontecem na coxia, momento no qual um dos atores filma a ação, que é projetada para o público.

Bom Retiro 958 Metros

Bom Retiro 958 Metros - Teatro da VertigemBom Retiro 958 Metros – Teatro da Vertigem

 (/)

Utilizar ambientes do Bom Retiro para contar a história do bairro paulistano é o objetivo do espetáculo do Teatro da Vertigem. Dentro de lojas, calçadas, cruzamentos e um teatro atualmente fora do circuito cultural da cidade imagens podem ser projetadas sem aviso prévio.

Córtex


CórtexCórtex

 (/)

O monólogo protagonizado por Otávio Martins lança mão de recursos audiovisuais para fazer o espectador viajar nos pensamentos atormentados do protagonisa, que acredita ter envolvimento no sumiço da própria mulher. Trechos do livro A Sonata de Kreutzer, de Tolstói, também são revelados, em vídeo.

Kollwitzstrasse, 52

kollwitzstrassekollwitzstrasse

 (/)

Mistura de realidade e ficção, a peça tem câmeras ao vivo no palco – com edição de vídeos em tempo real feita pelo diretor Esmir Filho – e multitelas que dialogam com os atores em cena. Falado em quatro línguas, o espetáculo utiliza o recurso de legendas em português.

Nise Da Silveira – Guerreira da Luz

Nise da Silveira - Senhora das Imagens - 2257Nise da Silveira – Senhora das Imagens – 2257

 (/)

O legado da psiquiatra Nise da Silveira (1905- 1999) volta em drama que reúne teatro, música e dança. Trata-se de uma continuação de Nise da Silveira, Senhora das Imagens, que estreou no primeiro semestre. Na montagem são apresentados depoimentos em vídeo do poeta Ferreira Gullar e do diretor José Celso Martinez Corrêa, além de um off do ator Carlos Vereza. No palco, o pianista João Carlos Assis Brasil e o percussionista Caito Marcondes acompanham a protagonista.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s