MPT notifica Globo por falta de atores negros no elenco de ‘Segundo Sol’

Entre outras ações, texto recomenda de que sejam feitas mudanças no roteiro e na produção da novela em nome da representação racial

A repercussão da ausência de atores negros no elenco principal da novela Segundo Sol chamou atenção do Ministério Público do Trabalho. Nesta sexta-feira (11), o órgão enviou por meio da Coordenadoria Nacional de Promoção de Igualdade de Oportunidade e Eliminação da Discriminação no Trabalho uma notificação à Globo.

De acordo com esse parecer, a emissora não estaria representando a diversidade racial da Bahia, onde se passa o folhetim. O texto recomenda de que sejam feitas mudanças no roteiro e na produção para “assegurar a participação de atores e atrizes negros e negras de forma que represente a diversidade étnico-racial da sociedade brasileira”.

Também foram sugeridas ações em outros setores, como a realização de um censo para levantamento do número de artistas, e jornalistas negros presentes nas produções globais, além da apresentação de um plano de ações para garantir a igualdade de oportunidades e remuneração.

se passa na Bahia não estaria observando o respeito à representatividade negra, violando inclusive normas de promoção da igualdade do estado do RJ e BA

A Globo tem dez dias para provar ao MP que tomou as medidas recomendadas à novela, e 45 dias para comprovar as outras treze recomendações. Em caso de descumprimento, o MPT pode firmar termo de compromisso de ajustamento de conduta, ou levar o caso à Justiça.

A Bahia lidera o ranking do IBGE em número de cidadãos negros – de acordo com o órgão, a população de Salvador é composta por 80% de pardos e negros. Dos mais de vinte integrantes do elenco principal, só três atores têm a pele escura (confira a lista completa aqui)

Depois da repercussão, a Globo admitiu em nota ter “uma representatividade menor do que gostaríamos” e que a representação seria discutida ao longo da novela. “O fato de se passar na Bahia, nos traz muitas oportunidades e, sem dúvida, reflexões sobre diversidade na sociedade”, diz um trecho. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s