Clique e assine por apenas 6,90/mês

Espaço pop-up na Oscar Freire reúne shows, gastronomia e arte

La Maison Renaut tem destaques como apresentação de Marina de La Riva, festa do bloco Tarado Ni Você e jantar promovido pelo chef Claude Troisgros

Por Redação VEJA São Paulo - 13 fev 2017, 18h24

A esquina entre as ruas Oscar Freire e Consolação será um novo ponto cultural da cidade a partir de 18 de fevereiro. Em um projeto pop-up, o espaço La Maison Renault promete agitar os Jardins com programação de shows, exibição de filmes, exposição, festas e gastronomia até 12 de março.

Os 800 metros quadrados contam um café Le Pain Quotidien, uma galeria com obras do grafiteiro Speto, além uma loja com produtos assinados pela grife A La Garçonne. 

Faz parte da programação musical shows de Marina de La Riva, Chico Chico e Ana Cañas. Os eventos serão acompanhados, respectivamente, por cardápios dos restaurantes Kebab Salonu, Mocotó e Oui.

Para comemorar o Carnaval, o espaço chamou o bloco Tarado Ni Você, que faz festa com comidinhas de boteco do Aconchego Carioca.

La Maison Renault será inaugurada no dia 18 de fevereiro (Foto: Rodolfo BUHRER / La Imagem / Renault)
La Maison Renault será inaugurada no dia 18 de fevereiro (Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault)

A oferta gastronômica também será voltada para a culinária francesa: Claude Troisgros e Benny Novak, do Ici Bistrô, irão preparar dois jantares em cinco etapas.

Aos sábados, o Cinema Silencioso exibe filmes em que o público usa fone de ouvido para assistir, além de happenings musicais com nomes como a cantora Tiê. Aos domingos, haverá um brunch criado pela chef e padeira Fernanda Valdivia, da Deli Garage.

A entrada do local é grátis, porém eventos específicos podem custar até 230 reais.

Entre no site para conferir a programação completa e garantir seus ingressos.

Continua após a publicidade
Publicidade