Clique e assine por apenas 5,90/mês

RedeTV! teria escalado funcionários para trabalhar de graça em casamento

Segundo o site Notícias da TV, chefes de alguns departamentos teriam pedido para subordinados reservarem a data pra "força-tarefa"

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 21 set 2019, 13h56 - Publicado em 21 set 2019, 13h50

Funcionários da RedeTV! denunciaram ao site Notícias da TV que foram convocados para trabalhar de graça nos preparativos para o casamento entre o herdeiro da emissora, Amilcare Dallevo Neto, e a modelo Júlia Pereira. Para celebrar a união, o casal realizou um luau na noite de sexta (20) em Caraguatatuba, no litoral de SP. A cerimônia será na tarde deste sábado (21) no mesmo local.

Marceneiros, cabeleireiros, motoristas e maquiadores estariam entre os escalados para essa “força-tarefa” que acontece fora do horário convencional de trabalho e sem nenhum pagamento extra. A convocação teria sido feita há cerca de seis meses. Na ocasião, os chefes de cada departamento falaram aos seus subordinados que não marcassem nada para os dias 20 e 21 de setembro. Neste momento, os funcionários teriam sido informados de que não haveria compensação financeira.

O único tipo de auxílio fornecido pela emissora teria sido um vale-refeição no valor de 30 reais. “O revoltante é que em nenhum momento ofereceram hora extra, banco de horas ou qualquer outra coisa que pudesse vir a nosso favor. Estou perdendo dinheiro pois cancelei um ‘job’ que tinha nesse fim de semana”, disse um funcionário que não quis se identificar à reportagem de Notícias da TV.

Júlia trabalha como colunista de moda do TV Fama e Amilcare Dallevo Neto, filho de Amilcare Dallevo Jr, sócio majoritário da RedeTV!, tem o cargo de “chefe de criação de valor” na área comercial da empresa.

Continua após a publicidade
Publicidade