Clique e assine por apenas 6,90/mês

Casa de shows Puxadinho da Praça é lacrada pelo PSIU

Na última sexta, o estabelecimento foi fechado por tempo indeterminado pelo Programa de Silêncio Urbano 

Por Veja São Paulo - Atualizado em 1 jun 2017, 16h31 - Publicado em 9 nov 2015, 20h09

Palco de bons shows na capital, o Centro Cultural Puxadinho da Praça, na Vila Madalena, foi fechado na última sexta-feira (6) pelo Programa de Silêncio Urbano da Prefeitura de São Paulo. Dono da casa, Fernando Soares, 42, conhecido como Tubarão, postou em sua página no Facebook que os próximos eventos estão cancelados até segunda ordem. O proprietário do estabelecimento foi procurado por telefone por VEJA SÃO PAULO, mas não foi encontrado. 

Puxadinho da Praça
Puxadinho da Praça

Atualmente, a casa aparece na lista dos principais espaços da cidade como vitrine para artistas independentes, recebendo principalmente cantores do rock, MPB e jazz, quase sem espaço nas rádios e televisão. O endereço já sediou mais de 1000 performances e acabou de ganhar 200 000 reais do  Prêmio Funarte de Programação Continuada para a Música Popular, do Ministério da Cultura.

Publicidade