Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Os parques menos movimentados da cidade

Confira cinco áreas verdes que costumam ficar desertas

Por Gabriel Bentley 18 ago 2017, 18h48

Com 1,5 milhão de visitantes por mês, o Ibirapuera é a área verde campeã de movimento na capital. Outros parques muito procurados pelos paulistanos são Villa-Lobos, da Aclimação, do Carmo e do Povo. Há, no entanto, alguns espaços do tipo bem menos badalados que costumam ficar desertos mesmo nos fins de semana. Confira abaixo cinco exemplos.

Sena
Visitantes (mês): 1 800
Endereço: Rua Sena, 349, Palmas de Tremembé
Curiosidade: a área, de 20 000 metros quadrados, localizada na região da Serra da Cantareira, não é cercada

Eucaliptos
Visitantes (mês): 3 200
Endereço: Rua Ministro Guimarães, 280, Morumbi
Curiosidade: abriga espécies da flora e da fauna como o pau-brasil e o pica-paude-cabeça-amarela

Ciência
Visitantes (mês): 3 600
Endereço: Rua Ernestina Lesina, 266, Cidade Tiradentes
Curiosidade: integra o programa municipal 100 Parques, que visa a aumentar as áreas verdes e a preservar a vegetação nativa

Lajeado
Visitantes (mês): 4 400
Endereço: Rua Antônio Thadeo, 712, Guaianases
Curiosidade: todo o espaço está localizado no mesmo terreno que sediava a antiga Chácara Santa Rosa, no extremo da Zona Leste

Colina de São Francisco
Visitantes (mês): 4 400
Endereço: Avenida Doutor Cândido Motta Filho, 751, Cidade São Francisco
Curiosidade: com 21 espécies catalogadas, recebe muitos observadores de aves

  • Continua após a publicidade
    Publicidade