Clique e assine por apenas 6,90/mês

Metá Metá divide palco com Tony Allen em noite no Serralheria

Depois de show no Sesc Pompeia, mestre do afrobeat se apresenta no espaço da Lapa

Por Redação VEJASAOPAULO.COM - Atualizado em 5 dez 2016, 15h52 - Publicado em 23 jun 2013, 12h20

O trio paulista Metá Metá está prestes a dividir o palco com uma de suas grandes referências. Kiko Dinucci (violão e guitarra), Juçara Marçal (voz) e Thiago França (saxofone e flauta) se encontram com o baterista nigeriano Tony Allen, cofundador do afrobeat ao lado de Fela Kuti, na terça (25), no espaço Serralheria, na Lapa.

Antes disso, o saxofonista Thiago França incorpora-se à banda do mestre africano de 72 anos no Sesc Pompeia, no domingo (23). Os ingressos estão esgotados para ambas as apresentações.

Considerado o principal baterista vivo da música internacional, Tony Allen influencia artistas brasileiros desde a década de 70, época em que integrou o Africa 70, banda liderada por Fela. De Gilberto Gil a Chico Science, de Sandra de Sá a Céu, de Letieres Leite a Bixiga 70 e, claro, Metá Metá.

Metá Metá, que significa “três” em ioruba, registrou seu som grooveado e visceral em dois álbuns, Metá Metá (2011) e MetaL MetaL (2012), ambos muito bem recebidos pela crítica musical, daqui e de lá de fora.

 

Afrobeat à brasileira

Conheça outras bandas nacionais influenciadas pelo gênero

 

Publicidade