Continua após publicidade

Jovem tira foto em todas as estações de SP e viraliza: “não tinha dinheiro e queria conhecer novos lugares”

Álbum de fotos no Facebook teve milhares de compartilhamentos; Leonardo gosta de ler sobre mobilidade urbana e tem um podcast sobre o assunto

Por Guilherme Queiroz
Atualizado em 25 fev 2022, 21h02 - Publicado em 22 fev 2022, 20h55

Andar de transporte público é diversão para Leonardo Christofoletti. O estudante de 21 anos viralizou nas redes sociais com um álbum com mais de 190 fotos, com cliques do rapaz em praticamente todas as estações do Metrô e da CPTM da Grande São Paulo. “Tem algumas que eu só não tirei foto minha, vou voltar nessas”, garante ele, que postou a coleção na noite de segunda-feira (21) e conta com cerca de 8 000 compartilhamentos no Facebook, até a publicação da reportagem.

A iniciativa começou em 2017, quando ele estava no ensino médio. “No começo de 2017 eu tive depressão e (o projeto) foi um alívio para mim. Precisava sair de casa, espairecer. Foi até uma libertação. Não tinha dinheiro e queria conhecer lugares diferentes e você pode pagar, hoje, 4,40 reais e ir em todas as estações!”, conta ele, que estuda comunicação social – midialogia, na Unicamp, e é da Freguesia do Ó, na Zona Norte. Alguns dos cliques foram postados por Leo no início da aventura, mas só foram reunidos em um álbum nesta semana.

O primeiro rolê foi na Linha 3-Vermelha. Leonardo começou apenas com um mapinha da rede de transporte na mão, marcando os pontos que visitou, até que teve um clique. “Pensei, como eu vou provar que estive lá? Aí falei para pararmos em todas as estações, uma por uma e tirar foto. Fui, fizemos a Linha Vermelha. Parava, descia, tirava foto”, lembra ele, que começou o projeto ao lado de um amigo, Daniel Aguilar, que registrava seus retratos.

Daniel, no entanto, acabou dando “alguns bolos” com Leo, que logo arranjou outra companhia, o amigo Lucas dos Anjos. Também em 2017, fez todo o trajeto da 1-Azul e da 2-Verde. “A maioria eu fiz em 2017, quando tinha mais tempo livre”, conta ele, que também fez algumas selfies quando não conseguia companhia para as viagens.

No Metrô, levava entre 1h e 1h30 para andar por todo toda a extensão das linhas, parar em cada estação e tirar uma foto. Na CPTM, com distâncias e intervalos entre trens maiores, foi diferente. “Na 7-Rubi, por exemplo, que na época ia da Luz até Jundiaí, gastamos umas 9, 10 horas, um dia inteiro”.

Continua após a publicidade

O turismo não se limita ao interior das estações. Na Estudantes, da 11-Coral, desceu em Mogi das Cruzes; assim como em Rio Grande da Serra, da 10-Turquesa e Calmon Viana, em Poá, da 12-Safira. “A que eu mais gostei foi a Linha 10-Turquesa. Você começa no centro, no Brás, e vai indo para a região da serra. Rio Grande do Serra você parece que está no meio do nada”, lembra.

Desde então, começou a ler sobre mobilidade urbana e criou um canal no YouTube, chamado de ProjetoBRA, onde posta vídeos das estações e um podcast semanal, com as principais notícias sobre o mundo dos transportes no estado paulista. “Esse meu projeto pessoal não deixa de ser uma forma de conhecer a estrutura da cidade, as questões sociais. A Linha 9-Esmeralda, você começa em Osasco, mais popular, passa pela Vila Olímpia e termina no Grajaú, que é uma região carente, por exemplo”.

A data escolhida para a postagem do álbum, que acabou viralizando, não coincidiu com as últimas visitas. Teve a ideia depois de mandar uma foto para a namorada. “Ela mora em Santo André e desce na estação Utinga. Mandei para ela uma foto minha lá e pensei, porque ainda não postei tudo isso?”, diz.

A iniciativa, no entanto, está em constante atualização. Em 2021, por exemplo, visitou a Vila Sônia, na 4-Amarela e Mendes-Vila Natal, na 9-Esmeralda, inauguradas no ano passado. “A tendência é que nos próximos anos eu vá atualizando o projeto, conforme as inaugurações”, promete. Confira mais alguns registros:

Continua após a publicidade





 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.