Clique e assine por apenas 6,90/mês

Carcarah recria lugares de São Paulo com nanquim e aquarela

O ilustrador e ator expõe no Teatro & Bar Cemitério de Automóveis a partir de quinta (7)

Por Tatiane de Assis - Atualizado em 6 jun 2018, 15h59 - Publicado em 4 jun 2018, 21h21

Pinheiros, Brás, Brooklin e Barra Funda são alguns dos bairros que o ilustrador e ator Carcarah retrata na exposição São Paulo Cidade Fantasma, em cartaz no Teatro & Bar Cemitério de Automóveis a partir de quinta (7 de junho).

O artista conta que as localidades refletem seus percursos pela capital, feitos de carro, ônibus ou a pé. Apesar da presença de cores nos 26 trabalhos exibidos, o olhar lançado à capital é melancólico. São Paulo aparece como se estivesse acordando.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
O Largo do Pari, no Brás, surge em tons pasteis em Quando Não Tô Bebendo Tô Sentindo Dor Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

“Alguns desenhos nascem de incursões noturnas. Vou com a minha namorada, por exemplo, dar um rolê no Parque Dom Pedro. Lá, de madrugada, fica muito sinistro, um clima industrial e antigo, só o pessoal do Mercadão trabalhando. Estudo o lugar, tiro foto e volto pra casa. Lá, não dá para desenhar, né?”, explica Carcarah.

Na confecção das obras, processo que leva quase um mês, ele usa nanquim, aquarela e marcadores. “É uma mistura muito louca de materiais, nem sei como entrei nessa. Os marcadores e o nanquim aparecem nos contornos. As cores surgem com a aquarela, que estoura. Não dá para ter controle, fica meio inesperado o resultado, tem que esperar secar.”

Um elemento que chama atenção nas obras é o céu: independente dos tons utilizados, ele surge sempre revolto. Outro aspecto importante é a forma como ele trabalha a iluminação. Em contraste às edificações que surgem bem delineadas, as luzes são menos pontuais e mais fugidias.

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade
Em De Ponta Cabeça, aparece a Vila Buarque com céu sombrio Divulgação/Divulgação

 

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

São Paulo é uma constante nos trabalhos de Carcarah. “Andar nas ruas me equilibra”, diz ele. Em 2016, também no Cemitério de Automóveis, ele apresentou trinta trabalhos em referência à cidade. A atual mostra sobre a capital segue até 8 de julho, de terça a domingo, das 19h às 23h. A entrada é gratuita.

Publicidade