Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

“Estamos esgrimando com loucos”: o desabafo de William Bonner no JN

Âncora defendeu o jornalismo profissional e criticou gestores públicos que espalham mentiras

Por Redação VEJA São Paulo 15 jan 2021, 09h51

William Bonner fez um desabafo na edição de quinta-feira (14) do Jornal Nacional. Em meio à grave crise de Covid-19 no Brasil e ao colapso do sistema de Saúde do Amazonas, o âncora defendeu o jornalismo profissional e criticou a posição de governantes.

Ao chamar Alan Severiano para atualizar a situação da pandemia no país, Bonner quebrou o protocolo do jornalístico. “Eu queria só lembrar que se nós fazemos isso todo dia é porque nós estamos cumprindo um dever profissional. Nós aqui e todos os jornalistas do planeta Terra”, afirmou ele.

“Nesse momento, infelizmente, além de dar as notícias, de trazer as informações corretas, nós estamos esgrimando com loucos, com irresponsáveis, com gente que é capaz de entrar num WhatsApp da vida e sair espalhando mentira a bel-prazer, mas as mentiras mais absurdas, crendices. Tem gente que faz isso investido de cargo público. Tem gente que faz isso sistematicamente. Mas a gente aqui, nós jornalistas profissionais, nós não vamos desistir, porque esse é o nosso dever profissional. A gente está defendendo aqui a nossa profissão, mas a gente está defendendo aqui, a sociedade. A nossa, aqui no Brasil, e cada colega nosso jornalista em cada país desse planeta.”

“Agora eu vou pedir para vocês que prestem muita atenção nas informações que o Alan está trazendo porque elas foram colhidas por um consórcio de veículos da imprensa, empresas, independentes da imprensa, se juntaram para oferecer para você em diversos meios e veículos, números e informações confiáveis como essas que o Alan vai trazer agora e ele tem uma notícia péssima para trazer para você. A média de casos da pandemia do Brasil também bateu um recorde”, anunciou. 

  • Continua após a publicidade
    Publicidade