Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Colégio São Luís alega ser o verdadeiro berço do futebol brasileiro

Livro recém-lançado sobre a tradição esportiva da instituição contesta o pioneirismo de Charles Miller

Por Mauricio Xavier Atualizado em 5 dez 2016, 14h20 - Publicado em 26 jun 2014, 23h00

Filho de um escocês e de uma brasileira, Charles Miller organizou na Várzea do Carmo, em 1895, a primeira partida de futebol do Brasil. Alguns, no entanto, contestam o pioneirismo. Fundado em 1867, o Colégio São Luís, na Rua Haddock Lobo, é uma das instituições que alegam ter iniciado o esporte no país, tese defendida no recém-lançado Pontapé Inicial para o Futebol no Brasil (A9 Editora, 132 páginas), de Paulo Goulart.

 

 

Em 1893, padres jesuítas da escola teriam retornado de uma viagem à Europa com duas bolas de capotão, promovendo jogos entre alunos. Poucos anos depois, em 1899, a modalidade foi oficialmente incluída no currículo como disciplina escolar. A obra também traz curiosas imagens sobre a prática esportiva no colégio, então localizado na cidade de Itu, desde o fim do século XIX.

Continua após a publicidade
Publicidade