Clique e assine por apenas 5,90/mês

Comédia nacional e aventura infantil são os destaques

<em>Até que a Sorte Nos Separe 3 </em>e <em>Alvin e os Esquilos </em>abrem a temporada de férias 

Por Miguel Barbieri Jr. - Atualizado em 21 dez 2016, 09h45 - Publicado em 22 dez 2015, 17h23

Se não fosse por Até que a Sorte nos Separe 3 e Alvin e os Esquilos – Na Estrada, os cinemas iriam virar um mar de lágrimas. As outras estreias da semana não são, definitivamente, para rir.

Melhor episódio dos três, o novo Até que a Sorte nos Separe tem uma vantagem: usa a crise econômica do Brasil para fazer um registro, muitas vezes hilariante, do país. O quarto episódio com os esquilos cantores, porém, esbarra no mais do mesmo. 

Lojas da 2001 Video, que vão fechar as portas, têm ainda muitos filmes à venda

Há, contudo, atrações mais polpudas, porém dramáticas: o denso A Terra e a Sombra, da Colômbia, e o não menos tenso Já Estou com Saudades, com Drew Barrymore e Toni Collette.

Mas dos nove lançamentos, apenas um recebeu quatro estrelas nesta semana e é um primor de documentário. Trata-se de Eu Sou Ingrid Bergman, registro em primeira pessoa da atriz sueca que fez, entre outros longas-metragens, Casablanca, além de ter sido três vezes premiada com o Oscar.  

Também é bacana a realização de Victoria, ambientado numa noite em Berlim e filmando num único (e longo) plano-sequência. 

 

Continua após a publicidade
Publicidade