Clique e assine por apenas 5,90/mês

Alessandra Scatena diz que marido, vítima da Covid, já falava em despedida

A apresentadora falou sobre o companheiro, o empresário Rogério Gherbali, que morreu em julho

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 9 out 2020, 10h54 - Publicado em 9 out 2020, 10h50

Alessandra Scatena contou que o marido, o empresário Rogério Gherbali, já conversava com a família sobre uma possível despedida mesmo antes do diagnóstico da Covid-19. A doença comprometeu 75% do pulmão dele. Rogério faleceu em julho deste ano. Em entrevista que foi ao ar na quinta (8) no programa “Sensacional”, da RedeTV!, Alessandra diz que o marido era ativo com esportes, mas costumava dizer que sua vida seria curta.

“Ele morreu com 56 anos, mas falava que não chegaria aos 54”, conta a apresentadora. Ela lembra que foram momentos tensos e com muita tristeza desde a internação até o falecimento. Alessandra disse que o marido só se sentiu mal no 14º dia. Desde que ele foi internado, não houve mais contato entre os dois.

No dia da morte de Rogério, o hospital pediu para ela ir até o local. A apresentadora ainda não sabia o que tinha acontecido. “Era quase 21h, estava indo para o banho, quando meu celular tocou. Me pediram para ir até lá. Gelei, perdi o chão de novo. Não conseguia chegar até o hospital, errava o caminho. Fui falando com Deus dentro do carro, chorando desesperadamente, porque estava na cara que ele tinha falecido”, explicou. 

Casada com o empresário há 23 anos, Alessandra lamentou que não pôde se despedir dele como gostaria devido os protocolos de segurança contra a Covid-19. “Perder uma pessoa que você ama já é difícil em tempos comuns. Mas perder uma pessoa nesse momento é mais triste ainda”.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90 

Continua após a publicidade
Publicidade