Clique e assine por apenas 6,90/mês

26ª Bienal Internacional do Livro de SP é adiada para 2022

O evento ocorreria entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro, e esperava mais de 600 000 visitantes

Por Alice Padilha - Atualizado em 19 Jun 2020, 16h30 - Publicado em 19 Jun 2020, 16h28

A Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Reed Exhibitions, responsáveis pela 26ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, informaram nesta sexta (19) que o evento será adiado para 2022. Segundo o comunicado, “a medida visa garantir a saúde e segurança dos visitantes, autores, expositores, parceiros e colaboradores”.

O evento ocorreria entre os dias 30 de outubro e 8 de novembro e mais de 600 000 visitantes eram esperados. Vitor Tavares, presidente da CBL, ressalta que “em 2022, vamos oferecer novas formas de interação entre leitores, escritores e expositores para uma experiência ainda melhor”.

View this post on Instagram

Em razão da pandemia de COVID-19, a Câmara Brasileira do Livro (CBL) e a Reed Exhibitions, responsáveis pela realização e organização da 26ª Bienal Interacional do Livro de São Paulo, comunicam o adiamento do evento para 2022. No momento, a principal preocupação é garantir que o público e expositores possam voltar a frequentar o espaço do evento em segurança. Estamos todos trabalhando para que em 2022 os nossos mais de 600 mil visitantes tenham uma experiência ainda melhor.

Continua após a publicidade

A post shared by Bienal do Livro SP (@bienaldolivrosp) on

Em 2020, a Bienal voltaria ao Expo Center Norte, local que já foi sede do evento entre 1996 e 2002. A última edição, em 2018, ocorreu no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Vale lembrar que, em 2021, ainda está prevista a XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro.

Publicidade