Clique e assine por apenas 6,90/mês

COMER & BEBER 2016/2017: cachorros-quentes

Confira a seleção dos melhores endereços dessa categoria

Por Fábio Galib, Jennifer Detlinger e Mônica Santos - Atualizado em 27 Dec 2016, 15h05 - Publicado em 21 Oct 2016, 23h00

A edição especial VEJA COMER & BEBER São Paulo reúne 200 endereços de comidinhas, entre os quais quatro bons lugares para comer cachorro-quente. Confira:

Go Dog: o ponto é composto de um balcãozinho voltado para a rua e duas mesas coletivas. A equipe também é reduzida e se esforça para atender os clientes e preparar os bons cachorros-quentes, tudo ao mesmo tempo. Os lanches são feitos com embutidos artesanais e sempre vêm acompanhados de um punhado de batatas chips. É possível escolher os itens ou ir direto a uma sugestão pronta, caso da que é composta de salsicha frankfurter, queijo gruyère, bacon e molho de wassabi (R$ 24,00). No almoço, a casa sai do básico ao preparar pratos do dia com os embutidos, incluindo virado e até feijoada (R$ 22,00 cada um).

Hot Rod Dog: na decoração, que faz referência aos carrões customizados — os chamados rot rods —, cabem desde bombas de gasolina no papel de maçanetas até um capô pendurado na parede. As mesas são de fórmica e recebem gente de todo canto a fim de abocanhar um cachorro-quente. No ny style, a salsicha frankfurter ganha a companhia de mostarda e relish de pepino. Mais substancioso, o brazilian vem com embutido do tipo viena mais mussarela, molho de tomate, batata palha e maionese de alho e ervas. Cada um deles custa R$ 20,00. Para acompanhar ou só petiscar, a porção de batata frita pode vir coberta de chili e cheddar (R$ 22,00).

Imbiss: a inspiração da casa veio dos quiosques de comida de rua alemães, lá chamados de imbiss. Quem vai de cachorro-quente escolhe o pão (brötchen, que lembra uma baguete, ou laugenbrot, com massa de pretzel) e molhos como o curry. O preço é definido pela salsicha, que pode ser a knackwurst (R$ 20,00), defumada e levemente picante, ou a vampyr (R$ 22,00), carregada de alho na composição — há outras sete possibilidades. Opção de prato, o currywurst traz um embutido fatiado, lambuzado de molho de curry, na companhia de batata frita (R$ 26,00).

Continua após a publicidade

+ Bom e barato: conheça os vencedores de VEJA COMER & BEBER 2016/2017

The Dog Haüs: foi o primeiro negócio da família Shoel, hoje também à frente dos quase vizinhos Classic Burger Haüs, TAP Haüs e Faláfel Haüs. É difícil escolher entre sugestões como o texas dog (R$ 20,00), com chimichurri, cebola crocante e molho barbecue, e o french dog (R$ 26,00), com queijo gruyère derretido. Mais complicado ainda é escolher a salsicha: qualquer que seja o cachorro-quente, pode levar salsicha de vitela, de cordeiro com hortelã, de calabresa ou uma elaborada com carne bovina. Decidido o lanche, só resta pedir uma porção de batata frita (R$ 16,00) para acompanhar.

Publicidade