Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Conheça Spencer Amereno Jr., o bartender do ano

O perito da coquetelaria transformou um espaço caído em um dos maiores bares da cidade

Por Saulo Yassuda Atualizado em 27 dez 2016, 15h10 - Publicado em 20 out 2016, 18h16

Todos querem Spencer. Depois de conquistar um esquadrão de tietes etílicos pelos balcões por onde passou — o extinto MyNY Bar e o Isola —, o bartender fixou-se em 2015 no Frank. O bar do Hotel Maksoud Plaza, para o qual ninguém dava muita bola, sai da obscuridade com a vinda do profissional. Sua vasta lista de funções inclui, além de agitar as coqueteleiras, supervisionar as compras, treinar a brigada e cuidar de mídias sociais. O tempo ocioso ele utiliza para manter ligado o processo inventivo na cachola — anota todas as ideias de drinques em um documento de Word no celular. “Já estou criando a próxima carta”, afirma. Detalhe: faz apenas três meses que a lista atual foi lançada. Para dar conta das tarefas, treina a equipe até cada componente virar uma extensão do próprio titular. Ainda assim, há quem vá embora do endereço se o barman número 1 não estiver na bancada, sem saber o que está perdendo. Não é fácil ser Spencer.

Publicidade