Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Repórter da Globo chora ao vivo durante cobertura da tragédia no Litoral Norte

O jornalista Walace Lara se emocionou ao falar sobre o oportunismo de comerciantes na região, que aumentaram o preço de alimentos básicos

Por Ana Garcia
Atualizado em 22 fev 2023, 19h33 - Publicado em 22 fev 2023, 17h53

Na manhã da terça-feira de Carnaval (21), durante um plantão da TV Globo sobre a tragédia no Litoral Norte de São Paulo devido às chuvas, o repórter Walace Lara não conseguiu conter a emoção.

+ Temporais: secretário diz que número de desaparecidos pode ser maior

Em um link ao vivo com Sabina Simonato, diretamente de Caraguatatuba, o repórter chorou ao falar sobre a exploração que moradores têm sofrido diante da tragédia, com comerciantes cobrando altos preços por alimentos básicos e água.

Segundo o relato de Suzan Tavares, moradora da praia de Boiçucanga, em São Sebastião, o valor do litro de água está saindo por R$ 93,00 na região.

“Como diz o pessoal nas ruas, ‘Deus está vendo'”, disse o jornalista, com a voz perceptivelmente embargada. “A gente fica pensando que nessas horas a gente vê muitos gestos de solidariedade, mas também muita ganância.”

Continua após a publicidade

A emoção de Lara foi elogiada pela colega, que ressaltou a humanidade do colega de trabalho. “Esses gestos, as suas emoções, mostram quão humano o Walace é. Ele é um repórter daqueles que a gente dá nota 10”, comentou a apresentadora, substituta de Rodrigo Bocardo no programa.

+ Ministério Público vai apurar responsabilidade de gestores no Litoral Norte

O repórter foi chamado novamente para falar com a jornalista e desculpou-se pela emoção. “Desculpa, gente, eu vou respirar aqui e vou falar”, declarou.

Em seguida, narrou sua visita a uma comunidade em São Sebastião na véspera, onde um grupo de mais de 100 voluntários trabalhava para tirar a lama de dentro das casas atingidas. “Assim, uma situação muito difícil para a gente ver, para acompanhar. As cidades não têm estrutura, então é tudo muito difícil, muito complicado.”

Continua após a publicidade

Indignado, Walace Lara voltou a mencionar a precificação dos itens básicos e disse que, diante do depoimento, era muito difícil não se emocionar. “Cobrar R$ 93 em um litro de água na situação em que nós estamos aqui… É inacreditável”, disse. Confira a seguir.

A reação do repórter repercutiu e foi elogiada nas redes sociais. Devido à cobertura da situação do litoral paulista, a Globo não exibiu o Encontro com Patrícia Poeta nem o programa Mais Você na manhã da terça (21).

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.