Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Jovem tem grave reação alérgica após tonalizar os cabelos em casa

"Eu quase morri, não quero que o mesmo aconteça com outras pessoas", disse a adolescente de 19 anos de idade

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 29 nov 2018, 19h46 - Publicado em 29 nov 2018, 18h49

A cabeça de uma adolescente dobrou de tamanho após uma terrível reação alérgica a uma tintura para cabelos. Estelle, uma jovem inglesa de 19 anos de idade que faz intercâmbio em Paris, compartilhou fotos de sua face desfigurada provocadas por um químico chamado P-fenilenodiamina, ou PPD — um produto encontrado em 90% das tintas para fios.

Estelle revelou que comprou uma tinta caseira em um supermercado em Val-de-Marne, em Paris. Os primeiros sinais de uma irritação aconteceram pouco tempo após a jovem aplicar o produto, em casa: seu couro cabeludo começou a coçar. Só então os indícios de um inchaço começaram a aparecer. A adolescente tentou tratar o problema em casa, usando pomadas e cremes comprados em uma farmácia, mas levou um susto ao se olhar no espelho no dia seguinte à aplicação. “Eu ainda conseguia enxergar, mas estava tendo dificuldades para respirar”.

“A minha testa dobrou de tamanho. A minha cabeça parecia uma lâmpada”, desabafou Estelle. A língua da jovem também começou a inchar. Foi quando ela decidiu correr para o hospital mais próximo, onde médicos notaram que sua cabeça tinha uma circunferência de 63 centímetros — e não os 56 tradicionais.

A adolescente revelou que já tinha sofrido reações alérgicas a tintas, mas que sempre usa o teste que acompanha os produtos. Em vez de esperar as 48 horas recomendadas, ela aplicou o produto após 30 minutos. Apesar de ignorar as instruções, a mãe da jovem defende que deveria haver uma maior conscientização sobre os riscos do PPD: “É verdade, ela não seguiu as instruções, mas o alerta precisa ser mais claro”.

O produto químico também é usado em tintas para tatuagem de hena. O químico também é o principal motivo de alergias em tinturas para cabelos. “Eu quase morri, não quero que o mesmo aconteça com outras pessoas”, finalizou Estelle.

As informações são do Daily Mirror.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história da adolescente? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês