Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Após polêmica, turistas poderão viajar com garrafas temáticas da Disney

Os refrigerantes vendidos no Star Wars: Galaxy's Edge têm um design inovador e único, exclusivo da área temática localizada no Walt Disney World Resort

Por Tatiane Rosset 3 set 2019, 19h33

Em abril de 2019, nós revelamos aqui no Pop! Pop! Pop! que os refrigerantes vendidos no Star Wars: Galaxy’s Edge teria um design inovador e único, exclusivo da área temática localizada no Walt Disney World Resort e no Disneyland Resort. Pois o souvenir inusitado provocou uma polêmica nos Estados Unidos: o TSA — sigla para ‘Transportation Security Administration’, uma agência dos EUA que tem autoridade sobre a segurança pública no país — chegou a proibir que turistas embarcassem em aeronaves portando a garrafinha temática da Soda e da Coca-Cola, mesmo vazia. O motivo? O recipiente tem o formato de uma granada.

Após muita polêmica — e muitos fãs retornando para casa sem suas preciosas garrafinhas temáticas — o TSA resolveu remover a Coca-Cola em formato de granada de sua lista de “proibidos” em aeronaves. “A questão sobre as garrafas temáticas de refrigerante temáticas de Star Wars: Galaxy’s Edge foi recentemente trazida a nossa atenção pelo público”, explicou um porta voz. “Concluímos nossa revisão e instruímos os responsáveis a tratá-las como outros recipientes com líquido. Como essas garrafas tem mais de 100 mililitros, elas devem estar nas malas que serão despachadas ou esvaziadas antes de serem colocadas nas bagagens de mão”, esclarecem.

A questão se tornou um problema após um viajante curioso questionar a agência americana no Twitter sobre o produto, que relembra uma granada. Na ocasião, a TSA respondeu: “Obrigada por perguntar! Réplicas e explosivos inertes não são permitidos em malas de mão ou bagagens despachadas”.

No universo Star Wars, detonadores térmicos — que inspiraram o design das garrafinhas temáticas — são armas poderosas. Apesar de não serem granadas verdadeiras, ficou claro que a TSA leva a sério qualquer objeto que seja semelhante a uma arma ou outro acessório perigoso. Mas ainda bem que o problema foi resolvido, não é mesmo?

As informações são da CNET.

Dê sua opinião: E você, o que achou da novidade? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês