Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Marcelo Adnet recorda abuso sexual na infância e diz que foi salvo pelo avô

Humorista conta que parente tinha esquecido a carteira e voltou em casa para buscá-la

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 21 jan 2023, 18h41 - Publicado em 21 jan 2023, 18h41

Vítima de abuso sexual na infância, Marcelo Adnet decidiu contar detalhes de violência que sofreu dentro de casa quando tinha cinco anos. Em entrevista ao podcast Podpah, o humorista revelou que foi salvo pelo avô antes que o criminoso conseguisse ir até o fim com o estupro. “O cara não chegou a penetrar porque o meu avô chegou na hora. Ele tinha esquecido a carteira e decidiu voltar. Eu fui salvo.” As informações são do F5.

Adnet assumiu que o episódio deixou marcas como a timidez e a desconfiança. Ele ainda contou que só trouxe a história à tona para servir de alerta aos pais.

“Como faz 35 anos que isso aconteceu, é uma coisa que ficou lá para trás, mas você tem que falar, você precisa falar para conscientizar os outros. “Olha… isso existe, entendeu? Tem que olhar criança, mesmo. Não pode dar mole, não! Não pode confiar, largar a criança, tem que ficar em cima.”

Por ter sido sofrido com a violência durante muitos anos, o humorista é a favor da educação sexual nas escolas. Ao ser questionado sobre a desinformação dos jovens com relação ao sexo, Adnet revelou que teve medo de ter contraído uma doença sexualmente transmissível com o abuso.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.