Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Mãe faz alerta importante após reação de menina a bijuteria

"Vocês não poderiam acreditar no estrago que um brinco pode fazer", revelou a mulher após contar a susto após presentear a filha com brincos de joaninha

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 19 fev 2018, 17h34 - Publicado em 19 fev 2018, 17h03

A pequena Amelia Moloney, de apenas 3 anos de idade, é tão apaixonada por joaninhas que se recusou a tirar os brincos temáticos que sua mãe lhe deu de presente. Ciara, que comprou a bijuteria no eBay por 2,99 libras (cerca de 14 reais), só conseguiu convencê-la a tirar o acessório após três noites. Ao retirar o brinco, a mulher ficou chocada ao ver o efeito provocado pelo mimo aparentemente inofensivo.

A criança queria continuar a usar a bijuteria durante a noite “porque era uma presente”, explicou a mãe ao The Daily Mirror: “Eu estava a arrumando para a pré-escola quando fui tirar os brincos… Senti algo nos meus dedos“, contou a mulher. Para tirar os brincos, Amelia sentiu muita dor — e sangue saiu da orelha da menina. “Parecia que a orelha dele estava saindo, foi tão assustador“.

Depois, a orelha de Amelia começou a inchar: “Foi terrível. Eu a levei até o médico e ele me disse para levá-la até o hospital mais próximo“, relembrou Ciara. No hospital, enfermeiras informaram a mãe que a infecção era tão séria que a menina tinha sorte de não ter perdido o lóbulo da orelha: “O que estava saindo era tecido morto. Ele ficou preso no brinco. Era nojento. A enfermeira limpou a ferida e deu antibióticos que ela tomar quatro vezes por dia“, revelou a mãe.

A profissional também informou Ciara que o machucado poderia demorar bastante tempo para cicatrizar e que, se fosse o caso, ela precisaria ser encaminhada para um cirurgião plástico. O hospital não pode informar qual bactéria causou uma reação tão grave, mas eles sugerem que a menina possa ser alérgica. Mãe de cinco crianças, Ciara agora quer alertar outros pais sobre os riscos: “Vocês não poderiam acreditar no estrago que um brinco pode fazer“.

Ciara também fez uma reclamação ao vendedor dos brincos no eBay. No entanto, o comerciante deu uma resposta “espertinha”: “São bijuterias que custam 2,99 libras o par. Por que você permitiria que uma criança usasse bijuteria por três dias? Especialmente crianças de apenas 3 anos de idade… Leia a descrição antes de fazer uma compra, como todos os consumidores fazem“, diz a mensagem.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de Ciara? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)