Imagem Blog

Pop! Pop! Pop! Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Mãe dá resposta após ser criticada por amamentar na Disneyland

"Nenhuma mulher deveria ter vergonha de alimentar o seu filho", escreveu a mulher em um desabafo que está chamando atenção no Facebook

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 21 nov 2017, 17h35 - Publicado em 21 nov 2017, 17h21

Brittni Medina está amamentando o filho mais novo há dez meses — então, naturalmente, quando o bebê precisa comer, ela faz questão de que ele esteja feliz e bem alimentado. Mas, assim como muitas outras mulheres, a mamãe enfrentou e ainda enfrenta o preconceito e o julgamento que acompanham a amamentação em público. No sábado (18), ela compartilhou em seu Facebook a história mais recente desse tipo – que ocorreu no Disneyland Resort, na Califórnia, Estados Unidos.

O marido de Brittni fez um clique da mulher no parque temático. Ao fundo é possível ver duas mulheres, olhando com desaprovação para a mãe com o filho de 10 meses no colo. “Nós visitamos a Disney com frequência. Nós nos sentimos bastante confortáveis alimentando nosso filho em qualquer lugar. Bom, essas mulheres ficaram tão bravas que o meu marido precisou parar para tirar uma foto“, escreveu.

Em um bate-papo com o site PopSugar, Brittni disse que ela e o marido podiam ouvir os comentários maldosos das duas mulheres que aparecem no clique, que diziam que a mãe deveria amamentar a criança em um banheiro da Disneyland. Após ouvir as opiniões da dupla, Brittni teve a ideia de fazer o clique peculiar — no entanto, na internet, nem todas as mulheres apoiaram a iniciativa da mulher. Confira: 

Após muitas críticas, Brittni atualizou a publicação no Facebook explicando ainda mais a situação: “Eu não estava andando por aí e amamentando o meu filho, e eu não o estava amamentando neste momento (eu tinha alimentado-o antes e o faria novamente). Eu estava parada em uma longa fila para tirar foto com um personagem quando meu filho ficou com fome — e eu não iria pegar a fila de novo. Então eu removi o meu primeiro top e o amamentei. As mulheres estavam atrás de nós fazendo comentários maldosos, então eu sai do meu lugar. Não para chamar atenção para mim mesma, mas para chamar atenção para o fato que nenhuma mulher deveria ter vergonha de alimentar o seu filho“.

Continua após a publicidade

Brittni revelou que as críticas são ainda mais severas do que muitas mães imaginam: ela também sofreu com preconceito quando amamentava seu filho mais velho usando um pano para se cobrir. “Eu costumava cobrir o meu filho mais novo, mas, sinceramente, as pessoas vão reclamar não importa o que você faça“, disse. Após anos de “prática” com os comentários negativos, a mãe, pelo menos, conseguiu encarar com bom humor os olhares de rejeição da mulheres no Disneyland Resort.

As informações são do site HelloGiggles.

Dê sua opinião: E você, o que achou da história de Brittni Medina? Deixe seu comentário e aproveite para curtir a nossa fanpage no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Para curtir o melhor de São Paulo!
Receba VEJA e VEJA SP impressas e tenha acesso digital a todos os títulos Abril.
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.