Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

“Não vou ser o salvador da pátria”, diz Luciano Huck no Faustão

"Minha missão este ano é motivar as pessoas para que votem consciente", disse o apresentador

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 7 jan 2018, 20h57 - Publicado em 7 jan 2018, 20h46

Convidados pelo Domingão do Faustão para responder perguntas sobre a vida a dois no quatro Divã do Faustão, Luciano Huck e Angélica acabaram “fugindo do tema” e se alongando sobre o assunto que, quando o assunto é um dos casais mais famosos do Brasil, não quer calar: política.

Tanto no início quanto no desfecho do quadro, o assunto se tornou dominante. Huck falou sobre ética e participação do povo no processo democrático, disse ter sido “dragado” para o debate político e que se propôs a “pôr a cara na rua” para ajudar na mobilização da sociedade. No fim do quadro, depois de muitas respostas sobre amenidades, Faustão foi incisivo:

–  Você já deixou claro que não será candidato (a presidente). Como cidadão, qual será seu papel no país em 2018?

– Nunca falei isso na televisão – respondeu Huck – Eu estou há dezoito anos viajando por esse país, por todos os cantos. Entrei na casa das pessoas, sei como elas vivem, elas me recebem com a intimidade que é o privilégio que Deus me deu. Quando vejo problemas, sei que ele é meu também.

Em seguida, o apresentador falou mais especificamente sobre política. Deixou claro que não será candidato em 2018, mas abriu possibilidades para o futuro:

– Neste momento eu me isentar de tentar melhorar, eu estaria sendo covarde. Daí a querer ser presidente seria uma pretensão minha. Eu quero mobilizar uma geração inteira, seja de esquerda ou de direita… Minha missão este ano é motivar as pessoas para que votem consciente. Eu jamais vou ser o salvador da pátria, mas o que vai acontecer eu não sei. O que o destino trará pra mim, vou deixar rolar. Neste momento, em janeiro, acho que meu papel, com microfone na mão, é o que vai ajudar. Mas contem comigo para tentar melhorar esta bagunça geral aqui.

https://www.youtube.com/watch?v=NiXCqqaUO2w

Apesar do tom didático do discurso de Huck, na internet muitos criticaram o tom do quadro, visto por parte dos internautas como uma “campanha eleitoral” antecipada. Confira a repercussão:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês