Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Jovem em tratamento contra câncer revela motivo para fim de noivado

Ela ficou furiosa ao descobrir que, apesar do fim do noivado, o rapaz ainda aproveitou a despedida de solteiro

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 22 jan 2019, 16h55 - Publicado em 22 jan 2019, 16h50

Emily Nicholson ficou de coração partido após o noivo, Jamie Smith, terminar o relacionamento usando Facebook Messenger — e ficou furiosa ao descobrir que, apesar do fim do noivado, o rapaz ainda fez questão de curtir a despedida de solteiro.

Natural de York, no Reino Unido, a jovem de 24 anos de idade mora com a família na Austrália desde 2012 e teve uma carreira de sucesso como modelo, gerente de um bar e promoter antes de ser diagnosticada com astrocitoma, um tipo de tumor no cérebro, em fevereiro de 2016. No dia 13 de janeiro de 2017, recebeu a notícia de que só sobreviveria por mais um ano. Foi então que Emily e o namorado escolheram comemorar a união, enquanto ainda havia tempo.

Um dia antes do casamento, na manhã de sua despedida de solteiro, Emily, que ganhou mais de 30 quilos em apenas seis semanas por causa do tratamento com esteroides, alega que Jamie terminou o noivado usando o app de mensagens da rede social. “O Jamie me mandou uma mensagem e disse que não queria mais estar comigo, e que não me amava há muito tempo. Ele deixou muito claro que não me amava. Senti que era por causa da minha aparência e por tudo o que aconteceu”, contou a modelo — que usava tamanho 36 antes do diagnóstico.

“Ele me machucou, mas não há nada que eu possa fazer a respeito, não adianta ficar chateada. Só preciso ser forte”, desabafou Emily ao Daily Mirror. O diagnóstico da doença aconteceu após o quarto ataque epilético da mulher. “Nós nos mudamos para a Austrália para procurar uma vidar melhor. A Emily estava muito bem, tinha própria casa e um bom trabalho. Ela era vivaz, adorava se divertir e até um pouco doidinha. Ela sempre trabalhou duro. Ela estava desabrochando, amava a vida — e agora tudo se foi”, desabafo Joanne Nicholson, a mãe de Emily.

Continua após a publicidade

“Quando os episódios de ataques epiléticos continuaram acontecendo, nós decidimos investigar. Achamos que eles aconteciam porque ela estava trabalhando duro. Nós fomos ao médico e ele nos deu a má notícia, o nosso mundo caiu. Não sei nem como conseguimos chegar em casa naquele dia. Lembro-me de chorar muito. Emily me olhou e pediu por ajuda, mas não havia nada que eu podia fazer. Não tinha poder algum, e tudo foi retirado das mãos dela”.

Após o diagnóstico terminal, Emily e o namorado decidiram casar o mais rápido possível, marcando a cerimônia para agosto de 2016. O casamento, no entanto, precisou ser adiado para março de 2017 pois a jovem precisou passar por uma cirurgia. Uma semana antes do evento, a mulher diz que recebeu a mensagem do ex-noivo terminando o relacionamento. “Por meses, ele saiu com os amigos — eu claramente não poderia fazer isso. Nós queríamos construir a nossa vida juntos no tempo que tínhamos”.

Continua após a publicidade

A família de Emily decidiu retornar para o Reino Unido em julho de 2017. Agora, a família está fazendo uma campanha on-line para que a jovem possa tomar uma vacina pioneira que custa 30 000 libras. A jovem já superou a expectativa de vida dada pelos médicos, mas ninguém sabe quantos meses ou anos ela ainda tem. A mulher, apesar de tudo, afirma não guardar rancor do ex-namorado: “Quando você passa por algo assim, não sobra tempo para odiar ninguém — ele fez o seu melhor, eu não o culpo, ficou muito difícil para ele. As pessoas dizem que sou forte, mas qual é a alternativa? Nós precisamos continuar lutando. As vezes eu acho que sou a pessoa mais azarada do mundo…”, lamentou a jovem.

Após a repercussão da história, Jamie Smith diz que ele não foi o responsável pelo fim do relacionamento — e que Emily escolheu romper o noivado. “Eu não terminei com ela por causa do ganho de peso. Se esse fosse o caso, eu teria terminado o relacionamento meses antes, porque ela começou a acumular peso muito antes disso. Eu não tenho nada a ver com isso”.

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: E você, o que achou da história da jovem? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.