Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Adolescente confessa ter feito ataques a filha de Gagliasso

Durante operação policial, sete pessoas foram conduzidas para a delegacia, entre elas um rapaz de 17 anos que confessou o crime

Por Gabrielli Menezes Atualizado em 25 fev 2017, 20h35 - Publicado em 20 dez 2016, 16h55

Durante o mandado de busca e apreensão da Operação Gagliasso (sobre os ataques de cunho racista sofridas pela filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank) realizado na manhã desta terça (20), um adolescente de 17 anos confessou ser um dos autores das ofensas dirigidas à criança.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o ato teria sido realizado através de um perfil falso com o objetivo de ficar impune. Outras seis pessoas foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimento e celulares foram apreendidos.

Filha dos atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank: ofensas de cunho racista (Crédito: reprodução/Instagram)

Em junho, o casal adotou a criança e em novembro prestou queixa por racismo na Delegacia de Repressão a Crimes de Informática no Rio de Janeiro por causa de mensagens ofensivas direcionadas à filha adotiva, Titi.

Em nota, foi informado que a Delegada de Polícia Daniela Terra, titular da DRCI e coordenadora da Operação, e sua equipe continuam em diligências, ouvindo os conduzidos e verificando informações, para identificar outros envolvidos no crime.

Continua após a publicidade

Publicidade