Imagem Blog

Alessandra Rodrigues - Nutrição e Bem-Estar

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

Gengibre: conheça seus benefícios para a saúde e os cuidados com o consumo exagerado

O gengibre é uma planta originária do Sul da Ásia. Novas pesquisas indicam que o consumo de seu caule traz diversos benefícios para a nossa saúde: entre eles, destaca-se o combate de problemas gastrointestinais (como náuseas, vômitos, dores de estômago, diarreia, flatulência, úlceras gástricas), melhora do sistema imunológico e leve ação termogênica. Seu sabor picante provém de […]

Por VEJA SP
Atualizado em 26 fev 2017, 20h10 - Publicado em 26 nov 2014, 15h35

benefícios-do-gengibre-na-saúde

gengibre é uma planta originária do Sul da Ásia. Novas pesquisas indicam que o consumo de seu caule traz diversos benefícios para a nossa saúde: entre eles, destaca-se o combate de problemas gastrointestinais (como náuseas, vômitos, dores de estômago, diarreia, flatulência, úlceras gástricas), melhora do sistema imunológico e leve ação termogênica.

Seu sabor picante provém de compostos não voláteis — mas precisamente do zingerone. Além deste elemento, o gengibre também contém gingeróis, soagóis e paradóis. Os dois primeiros são de extrema importância, pois possuem propriedades com efeitos anticancerígenos e quimiopreventivos. Estudos mostram ainda que o gengibre pode ainda ter efeito antimicrobiano, anti-inflamatório, diurético, antioxidante, auxiliar no controle da glicemia e do colesterol, além de protetor do fígado.

Mas um fator chamará mais a atenção de quem está de dieta: seu efeito termogênico, ou seja, sua capacidade de estimular o metabolismo a utilizar gorduras como fontes de energia, pode auxiliar na perda de peso. A notícia ruim é que, para essa característica de fato ter efeito, o consumo precisa ser feito em altas quantidades — o que é inviável na alimentação.

Na culinária, o gengibre pode ser utilizado de diversas formas: como chá, em sopas, sucos, como tempero, em forma de bala e assim por diante. Apesar de seus inúmeros  efeito benéficos, não se anime tanto e coloque o gengibre em todas as suas refeições pois, em excesso, ele pode causar sonolência e até mesmo interações com medicamentos.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.