Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Notas Etílicas Por Saulo Yassuda Dicas, novidades e observações do mundo dos bares e das bebidas

Liz Cocktails & Co.: um dos melhores bares para tomar drinques no Rio

O pequeno endereço do Leblon é tocado pelos bartenders Tai Barbin e Anderson Santos

Por Saulo Yassuda Atualizado em 7 jan 2022, 11h09 - Publicado em 7 jan 2022, 06h00

Há vida etílica no Rio além dos botequins. Até no quesito coquetelaria. O número de bares de drinques não é, assim, exuberante. Mas dá para tomar bons tragos em um seleto grupo de endereços (Micro Bar, Nosso Ipanema, Arp…). Um dos melhores do gênero é o Liz Cocktails & Co., no Leblon, que finalmente conheci no finzinho de 2021. 

(Aquela noite era, coincidentemente, a que eles comemoravam o aniversário de 2 anos. Teve guest da galera do Quartinho Bar, mas cheguei tarde e perdi. Porém consegui, felizmente, conhecer as pedidas do Liz.)

Dois homens sentados em banquetas em frente a bar
Tai Barbin e Anderson Santos: sócios do bar Taís Barros/Divulgação

O bar, que já levou o prêmio de melhor carta de drinques por VEJA RIO COMER & BEBER, em 2020, foi fundado pouco antes da pandemia começar. É tocado por uma dupla de bartenders de currículo no Rio: Tai Barbin e Anderson Santos. Os dois já passaram por lugares famosos, como o Nosso Ipanema.

O Liz é pequeno, tem uma fachada que alguns confundem com um pub e bem-vindas mesinhas na calçada (algo que falta em São Paulo: coquetéis com um pé para fora). Consegui me aboletar no balcão da janela, com a banqueta virada para a rua, e fiquei cara a cara com os bartenders em ação.

Espaço de bar com mesas e escada caracol
Salão: espaço dedicado aos drinques Taís Barros/Divulgação

Quem toma conta do balcão é José Ronaldo, velho conhecido dos boêmios de São Paulo. Paulistano que já tem puxado nos erres à carioca (um amigo que estava comigo não acreditou que ele nasceu na capital paulista!), já passou pelo extinto Frank Bar e pelo SubAstor, na Vila Madalena.

Homem mexe em copo com colher
O bartender José Ronaldo: de São Paulo para o Rio Taís Barros/Divulgação

A nova carta da casa faz um passeio etílico pelo mundo. Tem até um passaporte em que se carimbam os drinques tomados (algo que me lembrou muito o Mundi Bar, em Perdizes).

Me amarrei no coquetel queen of winter (42 reais), homenagem à Escócia. Lembra um rob roy/manhattan e leva uísque escocês e vermute tinto, com sabor de cogumelo shiitake e óleo de coco na fórmula (deixa mais cremosinho).

Continua após a publicidade

Coquetel visto de cima
Benito: homenagem ao México Taís Barros/Divulgação

O México está no benito (36 reais), que leva tudo aquilo que muita gente torce o nariz (tequila, pimentão, coentro, pimenta, páprica). É fresco, com algo terroso e defumado. Diga sim a ele.

O negroni 3.0 (33 reais), à italiana, tem tangerina e vem mais puxado no amargor. É carbonatado, o que o deixa mais refrescante.

Coquetel em cima de livros
Queen of winter: feito com uísque escocês Taís Barros/Divulgação

Foi uma noite agradável. Se você estiver em terras cariocas e cansou de tomar aquele chopinho amarelo estupidamente gelado, dê um pulo no Liz Cocktails & Co.

Liz Cocktails & Co.
Rua Dias Ferreira, 679A, Leblon, Rio de Janeiro, tel. (21) 97099-8506.

Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Valeu pela visita! Tem alguma novidade para me enviar? Meu e-mail é saulo.yassuda@abril.com.br

Também estou no Instagram: @sauloyassuda

E, olha só, voltei ao Twitter: @sauloy

Continua após a publicidade

Publicidade