Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha há dez anos. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Nada fica escondido em cima do restaurante Preto. Leia a crítica

Os drinques são elaborados por Chris Carijó e os petiscos, preparados na cozinha da casa baiana

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
17 nov 2023, 06h00

São Paulo é uma cidade pouco notívaga, mas ainda é possível encontrar lugares que fecham tarde, felizmente. Só não espere pagar pouco pelo serviço boêmio. Num boteco pé-sujo da Rua Teodoro Sampaio que encerra o expediente ao amanhecer, o preço da cerveja em garrafa ultrapassa o de muitos restaurantes chiques. É um pedágio que se paga.

Não muito longe dali, num espaço quase escondido em cima do restaurante Preto, em Pinheiros, fica outro bar, mais arrumadinho, que fecha às 4h de quinta a sábado, tem DJ de sexta e sábado e também cobra seu valor. É o Nada, o tema desta crítica.

Por lá, uma água mineral nacional sai a R$ 14,00, o couvert artístico sugerido de R$ 30,00, e os coquetéis da carta custam entre R$ 54,00 e R$ 67,00 (uma exceção é o daiquiri, por R$ 44,00).

Taça com drinque cor salmão e uma folha dentro.
Sebastião: cachaças, vermute tinto, licor de jabuticaba e vinagre de jerez (Wanezza Soares/Veja SP)

Vale ressaltar, entretanto, que essas bebidas, criadas pelo bartender Chris Carijó e executadas no dia a dia por Fatinha Afonso, levam ingredientes de qualidade, parte deles produções da chef-bartender da casa Dida Teodoro, e tudo é servido em um ambiente micro mas muito bem montado, de decoração tropical exuberante e azulejos verdes nas paredes apinhadas de telas e plantas.

Uma ótima mistura para bebericar é a sebastião (R$ 67,00), de cachaças envelhecida em castanheira, carvalho americano e amburana, vermute tinto, licor de jabuticaba e vinagre de jerez, que deixa um agradável acidinho na garganta.

O chamado ver muito para ver bem (R$ 57,00), que leva vermute tinto de jerez, vermutes branco e seco, óleo sacharum de laranja-baía e limão-siciliano, vem com uma ótima laranjinha kinkan em calda (mais um ponto para Dida, que elabora o doce).

Continua após a publicidade

Precisa de ajustes o miserê (R$ 64,00), de gim Hendricks com infusão de azeite de dendê, vermute seco com noz-moscada, solução salina e camarão seco para enfeitar, num resultado salgado demais.

O cardápio de petiscos, que no projeto inicial do bar seria exclusivo desse espaço, lista em sua maioria acepipes vindos do restaurante onde está abrigado, do mesmo proprietário, o chef Rodrigo Freire. E isso não é um problema, já que há delícias como o camarão macio em massa de mandioca e cobertura de flocos de tapioca crocantes (R$ 44,00 a unidade).

Avaliação: BOM (✪✪✪)

Nada Bar
Rua Fradique Coutinho, 276, Pinheiros, telefone e WhatsApp 99114-3539. 
20h às 4h (fecha domingo a quarta).
Instagram: @preto.cozinha.

Confira o cardápio:

Cardápio Nada Bar
(Nada Bar/Divulgação)

Publicado em VEJA São Paulo de 17 de novembro de 2023, edição nº 2868

BAIXE O APP COMER & BEBER E ESCOLHA UM ESTABELECIMENTO:

IOS: https://abr.ai/comerebeber-ios

ANDROID: https://abr.ai/comerebeber-android

Compartilhe essa matéria via:

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.