Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Will Ferrell e Paul Rudd se aventuram no drama em O Psiquiatra ao Lado

Série do AppleTV+ reúne os dois atores de comédia em chocante história baseada em fatos

Por Barbara Demerov Atualizado em 13 jan 2022, 17h56 - Publicado em 14 jan 2022, 06h00

✪✪✪ Em O Psiquiatra ao Lado, série original do AppleTV+, a dinâmica entre um paciente extremamente inseguro e um terapeuta aproveitador surpreende desde o princípio. Mas, quando os créditos indicam que essa é uma história real, cada situação apresentada é elevada a uma potência constrangedora e especialmente incômoda.

+ The Batman, Top Gun 2 e mais: os filmes mais aguardados de 2022

Os atores Will Ferrell (Um Duende em Nova York) e Paul Rudd (Homem-Formiga), já muito conhecidos por trabalharem com o gênero da comédia, provam que o dom para o drama também os atingiu. Ambos possuem ótima química em tela e desenvolvem com atenção cada aspecto de seus personagens.

Marty (Ferrell) é um homem solitário que busca por afeto e relações sinceras, enquanto Ike (Rudd), cínico e esperto, é um profissional que almeja o benefício próprio a qualquer custo.

Com bons olhos para identificar “vítimas” vulneráveis, o psiquiatra consegue manipular Marty de formas inimagináveis: desde a relação do paciente com a irmã Phyllis (interpretada por Kathryn Hahn, de WandaVision) até o seu dia a dia no trabalho em Nova York.

Por vezes, a série anda em círculos a fim de mostrar detalhadamente o peso e as consequências de cada ação de Ike para com Marty, e isso torna a experiência um pouco desgastante. Por outro lado, ao fim da temporada a reflexão sobre tal abordagem é muito válida, pois é somente por causa dela que os efeitos da manipulação emocional ficam tão claros.

Continua após a publicidade

Will Ferrell entrega uma performance que emociona e nunca parece exagerada. Afinal, não há dúvida de que Marty é uma pessoa boa, mas sua personalidade ingênua traz muitas consequências negativas ao longo dos anos.

Aliás, a passagem do tempo também é um elemento surpreendente em O Psiquiatra ao Lado: o relacionamento tóxico dura décadas.

+Assine a Vejinha a partir de 12,90. 

Publicado em VEJA São Paulo de 19 de janeiro de 2022, edição nº 2772

Continua após a publicidade

Publicidade