Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov

Com ótimo elenco, Rugido foca no olhar feminino em 8 histórias distintas

Nicole Kidman, Allison Brie e Merritt Wever compõem elenco; série de antologia é nova produção do AppleTV+

Por Barbara Demerov Atualizado em 29 abr 2022, 14h14 - Publicado em 29 abr 2022, 06h00

✪✪✪ Séries antológicas fazem sucesso, sendo Black Mirror, Modern Love, Amor, Morte e Robôs alguns dos exemplos mais recentes. mas Rugido, nova produção do AppleTV+, se destaca ainda mais por privilegiar o olhar feminino em histórias completamente diferentes umas das outras — algo não tão recorrente, mas certamente bem-vindo.

+ Conheça Heartstopper, série da Netflix que conquistou a internet

A cada episódio (são oito no total), o espectador conhece uma mulher e um aspecto particular de sua história. Não há conexão entre as personagens, então é possvel assistir tudo sem ser na ordem convencional. As produtoras Liz Flahive e Carly Mensch, criadoras de GLOW (série que foi cancelada pela Netflix), adaptam contos de Cecelia Ahern que flertam com metáforas e surrealismo, fazendo com que os conflitos das tramas sejam levados bem “ao pé da letra”.

E o elenco é estelar. Nicole Kidman, que também é produtora executiva, brilha em um dos episódios mais emocionantes da temporada, no qual interpreta uma mulher que come fotos antigas para lembrar os detalhes daqueles preciosos momentos. Issa Rae é uma mulher que desapareceu justamente em uma importante viagem a trabalho — ninguém consegue vê-la, mesmo que esteja ali clamando por atenção.

Merritt Wever vive uma jovem que passa a ter um relacionamento amoroso com um pato, enquanto Betty Gilpin se casa com um rico homem que literalmente a coloca em uma prateleira simplesmente para admirá-la.

Continua após a publicidade

Em um dos melhores episódios, Alison Brie é a responsável por decifrar os mistérios por trás de seu próprio assassinato. Meera Syal é uma esposa que acaba de completar 60 anos e deseja devolver o marido.

São situações que beiram o ridículo, mas todas possuem mensagens que se tornam potentes com o passar dos minutos. O próprio título, Rugido, é a representação da força dessas personagens quando estas se unem, enfrentam medos e traumas profundos ou quando apenas decidem priorizar suas próprias vontades.

+Assine a Vejinha a partir de 12,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 4 de maio de 2022, edição nº 2787

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês