Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Barbara Demerov Filmes e Séries - Por Barbara Demerov Aqui você encontra críticas, entrevistas e as principais novidades sobre o mundo do cinema e do streaming

Os Muitos Santos de Newark apresenta a juventude de Tony Soprano

Do mesmo universo de Família Soprano, filme sobre máfia está disponível na HBO Max

Por Barbara Demerov Atualizado em 15 nov 2021, 16h34 - Publicado em 12 nov 2021, 06h00

✪✪✪ A aclamada série Família Soprano, que acompanha a complexa jornada do mafioso Tony Soprano (James Gandolfini), foi encerrada em junho de 2007 após colecionar dezenas de prêmios da TV americana ao longo de suas seis temporadas. Agora, catorze anos depois, o filme inédito Os Muitos Santos de Newark, disponível na HBO Max, traz a proposta de contar a história de Tony durante sua conturbada juventude.

Dirigido por Alan Taylor (que comandou alguns episódios da série na época) e escrito por David Chase e Lawrence Konner (respectivamente, o criador e o escritor desse universo), o longa é nostálgico e empolgante na medida certa. Ao mesmo tempo que insere o ponto de vista ainda um tanto inocente do jovem Tony (aqui interpretado pelo próprio filho de Gandolfini, Michael) antes de entrar para o mundo da máfia, a história destaca outros membros da família.

E o maior personagem de toda a narrativa é, sem dúvida, Dickie Moltisanti (Alessandro Nivola), o gângster que nunca aparece na série original, mas possui uma importância arrebatadora no arco do protagonista até o fim. Tal valor reflete no significado do próprio sobrenome Moltisanti e no filho de Dickie, Christopher (Michael Imperioli), figura essencial em Família Soprano que também participa, mesmo que indiretamente, do longa.

Apesar de o formato ser diferente por se tratar de cinema, as sequências apresentam a mesma brutalidade inesperada da produção da HBO. Além disso, os fãs dos Sopranos certamente ficarão felizes em rever personagens queridos em décadas passadas, tais como Paulie (Billy Magnussen), Silvio (John Magaro) e Pussy (Samson Moeakiola). Há também espaço para figuras não tão adoradas, como é o caso de Junior (Corey Stoll). O polêmico tio de Tony reaparece com os mesmos trejeitos e ações condenáveis — o que torna toda a experiência realmente envolvente e semelhante ao que foi apresentado na telinha.

Já quanto a Tony, sua participação se resume a observar Dickie, Junior e todos à sua volta. Com essa presença silenciosa, é registrado o início de sua carreira no crime.

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 17 de novembro de 2021, edição nº 2764

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)